A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

17/11/2017 08:36

Grupo que comprou Mace negocia fornecimento de método a outras escolas

Ricardo Campos Jr.
Fachada da unidade de educação infantil da Mace (Foto: divulgação)Fachada da unidade de educação infantil da Mace (Foto: divulgação)

Além de comprar quatro escolas em Mato Grosso do Sul, o Sistema Elite de Ensino negocia a venda do material didático a outros estabelecimentos de ensino em Campo Grande. É o caso do Colégio Alexander Fleming, que embora não esteja passando para as mãos do grupo carioca poderá usar as apostilas e aplicativos para celular desenvolvidos por ela.

O grupo confirma ter havido a negociação, mas a direção do Alexander Fleming nega. A escola diz que manterá as apostilas da Poliedro no ano letivo 2018.

Na Capital, a empresa assume o controle da Mace (Moderna Associação Campo-grandense de Ensino) e do Colégio Nota 10. No interior, ela adquiriu o Total em Dourados e o Delfos em Ponta Porã. Todos eles já entrarão no ano letivo de 2018 com os novos livros.

O Elite já conta com unidades no Paraná e Minas Gerais, além do Rio de Janeiro, onde surgiu em 1999.

Wilson Buzinaro, vice-diretor da Mace, explica que além do material didático em si o sistema de ensino conta com um aplicativo de celular que praticamente permite ao aluno “levar” a escola onde quer que esteja, podendo rever aulas e fazer exercícios cuja dificuldade aumenta junto com a capacidade do aluno em resolvê-los.

O Elite pertence ao grupo Eleva Educação. Ele trata as aquisições não como um negócio, mas como uma união de esforços, trazendo para Mato Grosso do Sul um DNA de excelência acadêmica que faz da rede uma referência em aprovações em concursos em todo o país.

A metodologia de ensino do Elite divide-se em três pontos fundamentais: atenção individualizada ao aluno; valorização do esforço; e ritmo de estudo. A escola acredita que todos os jovens são capazes de alcançar seus sonhos, independentemente do que sejam.

Da mesma forma, a instituição crê que o sucesso depende principalmente da união de esforços da escola com o aluno e a família dele.

Com as mudanças, as escolas do estado passarão a se chamar Elite Mace, Elite Nota 10 e Elite Total, para agregar a nova marca sem perder a identidade que ajudou a construir os estabelecimentos de ensino. Elas contarão com novas logomarcas que aos poucos serão implantadas e divulgadas.

Com aproximadamente 15,5 mil alunos somente no Rio de Janeiro, a instituição surgiu em 1999 pelos esforços de um grupo de jovens recém-formados no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) em uma pequena sala em Madureira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions