A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

25/03/2013 14:46

Índice de endividados na Capital é o maior desde setembro de 2011

Nícholas Vasconcelos
Endividamento das famílias em Campo Grande é o maior desde setembro de 2011. (Foto: Rodrigo Pazinato)Endividamento das famílias em Campo Grande é o maior desde setembro de 2011. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O índice de famílias endividadas em Campo Grande atingiu o índice de 67,6% no mês de março, o maior resultado desde setembro de 2011, quando foi registrado 76,8%. De acordo com a pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), as famílias com contas parceladas eram 66,2% no mês de fevereiro.

A pesquisa considera como dívidas as parcelas de empréstimo pessoal, carnês de loja, cheques pré-datados, cartões de crédito, prestações de carro e seguros.

“São mais de 167 mil famílias com prestações, mas o que desperta cautela é que o índice de famílias que estão com contas em atraso subiu de 29,4% a 33% e das que afirmam que não terão condições de pagar as dívidas passou de 12,1% a 13,1%”, explica Edison Ferreira de Araújo, presidente da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

Segundo a pesquisa, o cartão de crédito continua sendo a maior fonte de endividamento, responsável por 62,2% dos débitos das famílias ouvidas. Os carnês aparecem em segundo, com 32,2% seguido pelo crédito pessoal, responsável pelo endividamento de 16%.

Comum entre servidores públicos e pensionistas, o consignado representa 13%, enquanto o financiamento de veículos corresponde a 11,7%.

Das famílias ouvidas, 41,7% disseram que comprometeram de 11% a 50% da renda com as prestações. Deste total, 37,1% dos entrevistados disseram que as dívidas vão comprometer o orçamento por mais de um ano.

 



Parabéns a todos...O plano de Lula ("Dilma") deu certo!!
 
Paulenir de Barros em 25/03/2013 20:10:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions