A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/07/2013 20:47

Índice de sobrevivência de empresas cresce mais de 7 pontos no MS

Nyelder Rodrigues

O índice de sobrevivência de empresas no Mato Grosso do Sul subiu mais de sete pontos, conforme estudo divulgado nesta quarta-feira (10) pelo Sebrae.

De acordo com a última pesquisa do instituto, a taxa no Estado, nos primeiros dois anos de atividade, ficou em 74%. Os dados de base da pesquisa foram extraídos da Secretaria da Receita Federal.

No comércio, 77,3% das empresas permanecem ativas após 24 meses de trabalhos, acompanhado pela Indústria, com 76%. Nas áreas de Serviços e Construção Civil estes números chegam a 69,6% e 66,8%.

O desempenho do Estado é o segundo melhor do Centro-Oeste, atrás apenas do Distrito Federal. A média nacional é de 76%. Ambos os índices são superiores ao da Áustria, Espanha e Itália.

Conforme o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, a alta taxa se deve a fatores como legislação favorável, aumento da escolaridade e mercado fortalecido. Além disso, a implantação do Supersimples, reduzindo impostos e unificando-os em um só boleto, deu tratamento diferenciado e melhores condições aos pequenos negócios.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions