A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/09/2010 07:44

Inflação medida pelo IGP-DI fecha agosto em 1,10%

Redação

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou uma inflação de 1,10%, em agosto deste ano.

A taxa é maior do que a registrada no mês anterior, que havia sido de 0,22%. O dado foi divulgado hoje (10) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O IGP-DI é composto por três sub-índices: o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

A alta na inflação em agosto foi principalmente influenciada pelos preços ao produtor, cujo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) teve taxa de 1,70% frente ao 0,34% de julho.

O destaque nessa área foram os alimentos processados, que passaram de uma taxa de -0,30% em julho para uma inflação de 3,21%.

Na área de matérias-primas, houve alta nos preços do milho em grão (de -4,15% em julho para 8,04% em agosto), minério de ferro (7,60% para 11,42%) e soja em grão (6,73% para 9,19%).

Já o IPC teve uma deflação de 0,08% no mês passado. A queda de preços foi menor do que a registrada em julho, que havia sido de 0,21%.

As principais contribuições para essa queda de preços menor do IPC em agosto, frente a julho, partiram das hortaliças e legumes (cuja taxa passou de -8,84% em julho para -6,76% em agosto), calçados (de -0,20% para 0,68%), taxa de água e esgoto residencial (de 0,00% para 1,04%) e passagem aérea (de -7,09% para -1,43%).

Na contramão da alta do IGP-DI, ficou o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que teve uma inflação de 0,14% em agosto, inferior ao 0,44% de julho.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions