A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019

19/11/2019 15:31

Mais de 500 mil pessoas trabalham com carteira assinada no Estado

Maioria dos trabalhadores formais estão atuando no setor privado, segundo a pesquisa do IBGE

Rosana Siqueira
Volume de trabalhadores com carteira assinada é maior no setor privado de Mato Grosso do Sul - ArquivoVolume de trabalhadores com carteira assinada é maior no setor privado de Mato Grosso do Sul - Arquivo

Mato Grosso do Sul tinha 943 mil pessoas empregadas até o final de setembro, sendo 515 mil aproximadamente com carteira assinada entre os setores privado, público e doméstico. Os números constam da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, relativa ao terceiro trimestre do ano (julho/agosto/setembro) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada hoje (19).

A maioria da população registrada no trabalho formal está no setor privado com cerca de 466 mil trabalhadores, seguida de 38 mil domésticas e 11 mil trabalhadores do setor público. Mas os índices caíram de emprego formal em todas estas categorias.

Entre as pessoas empregadas, 636 mil estavam no setor privado; 11 mil trabalhadores domésticos e 195 mil no serviço público.

A pesquisa apontou que o Estado tinha até a data 108 mil pessoas desempregadas, com a taxa de desemprego recuando de 8,3%, registrada no final de junho para 7,5%.
Conforme o levantamento, 12 mil pessoas conseguiram emprego entre o segundo (abril, maio e junho) e o terceiro trimestre (julho, agosto e setembro) deste ano.
Mato Grosso do Sul tem o segundo menor percentual de desempregados do País, ficando atrás somente de Santa Catarina, onde a taxa é de 5,8%.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions