A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

26/05/2018 07:12

Motoristas dormem em fila de posto na esperança de abastecer

Estabelecimento dispõe de 4,5 mil litros para este sábado (26) e fila que iniciam na Avenida Coronel Antonino só termina na Rua Ana Rosa Castilho Ocampo

Danielle Valentim e Miriam Machado
Fila que iniciam na Avenida Coronel Antonino só termina na Rua Ana Rosa Castilho Ocampo. (Foto: Fernando Antunes)Fila que iniciam na Avenida Coronel Antonino só termina na Rua Ana Rosa Castilho Ocampo. (Foto: Fernando Antunes)

O posto de combustíveis do Makro, na Avenida Cônsul Assaf Trad, região norte de Campo Grande e saída para Cuiabá, tinha previsão de abrir às 7h, no entanto, motoristas dormiram na fila para garantir o abastecimento. O estabelecimento dispõe de 4,5 mil litros do combustível para este sábado (26), quantidade que pode não atingir a todos. A paralisação dos caminhoneiros, que provocou desabastecimento em todo o país, chega ao 6º dia em Mato Grosso do Sul com 21 pontos bloqueados na BR-163, segundo a CCR MS Via.

Os familiares, Edmar Pereira e Mateus Pereira iniciaram a saga em busca por combustível, ainda, ontem (26), indo até a rodovias. Sem encontrar nada, retornaram ao posto Makro às
19h40, mas o estabelecimento já havia encerrado o atendimento.

Com informação de que o estabelecimento voltaria a atender às 7h de hoje (26), a dupla foi em casa comer, pegou cobertores e retornou à 1h da madrugada para ficar na fila. “Primeiro a gente recebeu a informação de que só poderiam abastecer 20 litros, mas que depois poderíamos encher o tanque. 20 litros seriam só pra emergência, mas encher o tanque também não vai dar para todo mundo”, disse Matheus.

O taxista Jailson Felix da Silva disse que gasolina do carro já está “nos três pauzinhos” e que deverá colocar us R$ 120. Ele já havia ido até o posto da rodovia, mas retornou ao da região norte, por volta das 4h. “Achei até que ia abrir às 6h”, disse.

O motorista da Uber, Juliano Ratti, mora no Tiradentes e recebeu a informação de que no posto localizado na região norte ainda tinha gasolina, sem conseguir abastecer na noite de ontem, voltou para casa e agendou o despertador para às 5h. “Coloquei o celular para despertar às 5h achando que não teria fila”, disse.

 

Os funcionários informam que não serão abastecidos galões, apenas, tanques de veículos.

Paralisação - A paralisação dos caminhoneiros, que provocou desabastecimento em todo o país chegou ao 6º dia em Mato Grosso do Sul. Segundo a CCR MS Via, 21 pontos da BR-163 estão paralisados. Já a PRF (Polícia Rodoviária Federal) confirma 38 trechos em todas as rodovias do Estado.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions