ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 12º

Economia

MS espera plantar 2,44% mais soja e atingir produção recorde nesta safra

Por Renata Volpe Haddad | 19/09/2016 06:47
Previsão é que plantio de soja na safra 2016/17 seja 2,44% maior em relação a safra anterior. (Foto: Divulgação/ Famasul)
Previsão é que plantio de soja na safra 2016/17 seja 2,44% maior em relação a safra anterior. (Foto: Divulgação/ Famasul)

Com expectativa de produção de 7,79 milhões de toneladas em uma área de 2,52 milhões de hectares, Mato Grosso do Sul deve ter safra de soja 2016/17, 2,44% maior em relação a anterior, e se esse número se confirmar, o Estado terá produção historicamente recorde, segundo dados divulgados pela Aprosoja/ MS (Associação dos Produtores de Soja de MS).

Porém, mesmo com aumento de área e de produção, a perspectiva de produtividade média para o próximo ciclo se mantém estável, com 51,5 sacas por hectare. Na safra 2015/16, a área ocupada de soja foi de 2,46 milhões de hectares com uma produção de 7,60 milhões de toneladas.

O que explica a variação nula na produtividade, segundo o presidente da Aprosoja, Christiano Bortolotto, são os desafios que estão à frente da safra verão. “Essa será uma safra difícil. Um dos fatores determinantes para isso são os altos custos de produção, ainda mais altos neste ciclo. Além disso, o cenário é de uma super safra norte-americana e com possíveis preços baixos no momento da colheita no Brasil”.

Bortolotto diz ainda as questões climáticas podem interferir na produtividade da soja. "A incerteza do clima também pode gerar uma realidade que afete a produtividade, além do risco de preços baixos pagos pelos grãos brasileiros e essa safra exige muita atenção do produtor rural", explica.

Após 90 dias de vazio sanitário, produtores de Mato Grosso do Sul ficaram impedidos de plantar entre os dias 15 de junho e 15 de setembro e a partir de sexta-feira (16) foi autorizado a semeadura da soja.

Nos siga no Google Notícias