A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

24/02/2017 17:26

MS tem 2° maior índice de ocupação do Brasil, aponta pesquisa do IBGE

Elci Holsback
Não houve variação no índice de ocupados em comparação ao último trimestre (Foto: Renata Volpe Haddad)Não houve variação no índice de ocupados em comparação ao último trimestre (Foto: Renata Volpe Haddad)

Mato Grosso do Sul é o segundo Estado do Brasil onde há mais pessoas empregadas, com índice de ocupação de 60%, segundo a PNAD (Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios), divulgada nesta sexta-feira (24) pelo IBGE.

De acordo com o levantamento, pautado em informações coletadas entre novembro de 2016 e janeiro de 2017. Ainda segundo a pesquisa, não houve grande variação entre o mesmo período do último ano e o levantamento do trimestre anterior, que a taxa de ocupação foi de 60,7%.

O Estado fica atrás apenas de Santa Catarina, onde o índice de ocupação alcança os 60,1% e à frente do Rio Grande do Sul, com 59,4%; Paraná, 58,9; Distrito Federal, com 58,3 e Alagoas, 40,8%.

Aumento no índice de desocupação - Enquanto o Estado se mantém como o 2° lugar em índice de ocupação, Mato Grosso do Sul é ainda o Estado com o 4° menor índice de desocupação no País.

Com cerca de 104 mil pessoas desocupadas (34 mil apenas em Campo Grande), o aumento registrado foi de 8,2% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Santa Catarina também registra menor taxa de desocupação, com 6,2%; seguido por Rondônia, com 7,8% e Paraná, com 8,1%. Depois de Mato Grosso do Sul está o Rio Grande do Sul, com 8,3%. Amapá registrou o maior índice de desocupação, com 16,8%.

Quanto ao rendimento médio real da população, O Estado ocupa o 9° lugar, com R$ 2.062, contra R$ 1.806 registrado no mesmo trimestre do ano anterior.

O Distrito Federal teve o melhor rendimento registrado, com R$ 3.653 e o Maranhão o mais baixo, com R$ 1.130.

 

 

 

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions