A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

22/03/2016 22:53

MS tem crescimento de vagas de trabalho, apesar de queda nacional

Nyelder Rodrigues

Apesar do fechamento de 104.582 postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro deste ano no Brasil, o maior índice registrado em 25 anos, Mato Grosso do Sul registrou aumento de 1.124 vagas no mês passado. O Estado foi o quinto com maior índice no país, atrás apenas de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso e Goiás.

O resultado positivo de Mato Grosso do Sul acontece após três meses de queda. Em janeiro, foram fechados 163 postos, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que divulgou os dados gerais sobre geração de empregos nessa terça-feira (22).

No país, os locais que mais fecharam postos foi Rio de Janeiro, com menos 22.287 vagas, São Paulo, com menos 22.110 vagas e Pernambuco, que perdeu 15.874 postos. Rio Grande do Sul ganhou 6.070 vagas, contra 4.793 de Santa Catarina, 3.683 de Mato Grosso, 2.327 de Goiás. Tocantins, o último dos únicos seis estados a registrar saldo positivo, criou 88 vagas em fevereiro.

Centro-Oeste forte - Dos seis estados citados em alta, três deles são da região Centro-Oeste, única que registrou saldo positivo, com 79.606 vagas criadas. Em todo o país, comércio e indústria de transformação registraram queda, enquanto a administração pública teve aumento. Em Mato Grosso do Sul, a agropecuária lidera com 664 novos postos. A cidade com melhor desempenho foi Dourados, com 121 vagas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions