A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/04/2015 11:53

MSGÁS ganha com falta de água e lucro cresce 241% com termelétricas

Priscilla Peres
A MSGÁS atende a 2.987 unidades consumidoras em todo o Estado. (Foto: Divulgação MSGÁS)A MSGÁS atende a 2.987 unidades consumidoras em todo o Estado. (Foto: Divulgação MSGÁS)

A crise hídrica que atingiu o país no ano passado obrigou o acionamento das termelétricas, para garantir a geração de energia no país. Com isso, o faturamento da MSGÁS (Companhia de Gás Natural de MS) responsável por fornecer gás para as usinas, subiu quase 80% em 2014, chegando a R$ 310 milhões.

Conforme relatório de administração divulgado hoje, o faturamento anual da companhia que era de R$ 118 milhões em 2012, passou para R$ 172 milhões em 2013 e deu um salto gigantesco em 2014, chegando a R$ 310 milhões. Isso acontece porque a MSGÁS é responsável por abastecer com gás natural as duas termelétricas do Estado.

A receita de vendas das térmicas representou 58% total do ano e e fez com que o lucro líquido da companhia tivesse crescimento de 241,46%, quando comparado a 2013. Isso significa que a sobra do faturamento foi de R$ 5,098 milhões no ano passado, frente a R$ 1,493 milhão em 2013.

Desde 2008 a MSGÁS reverte todo o lucro líquido para o prejuízo acumulado, que na época somava R$ 36,892 milhões. No ano passado, os R$ 5 milhões foram amortizados da dívida, que caiu de R$ 8,4 milhões para R$ 3,3 milhões.

Clientes - O número de unidades usuárias atendidas pela MSGÁS chegou a 2.987, crescimento 17,51% no ano. Desses, 2.826 são clientes residenciais e o destaque foi para o início de fornecimento para 204 unidades residenciais e comerciais de Três Lagoas. O número de indústrias, cogeração, GNV (Gás Natural Veicular) e termelétricas, se manteve estável.

Com toda a demanda das termelétricas, o consumo de gás natural subiu para 922.082 mil m³, o que significa acréscimo de 34,20% quando comparado a 2013. Conforme o relatório, o crescimento é resultado da diminuição da geração hídrica em virtude do baixo índice pluviométrico, ou seja, pouca chuva que secou os reservatórios.

Agência aprova reajuste do preço do gás natural aplicado pela MSGÁS
A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) aprovou e homologou hoje, o reajuste da tarifa de gás natural canalizado em Mato Grosso...
Receita Federal paga R$ 43 milhões no último lote do Imposto de Renda em MS
A Receita Federal paga nesta sexta-feira (15) o último lote do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), de 2017, que contempla 30.300 contribui...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions