A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

13/04/2017 11:15

Na véspera da Sexta-feira Santa, clientes lotam peixarias da Capital

Renata Volpe Haddad e Elci Holsback
Peixaria do Mercadão amanheceu lotada na manhã desta quinta-feira (13). (Foto: André Bittar)Peixaria do Mercadão amanheceu lotada na manhã desta quinta-feira (13). (Foto: André Bittar)

As peixarias de Campo Grande estão super movimentadas na manhã desta quinta-feira (13). São consumidores que deixaram para comprar peixe, prato principal do almoço de amanhã, na véspera da sexta-feira Santa.

No Mercadão municipal o fluxo de clientes é grande. Há mais de 30 pessoas dentro do comércio em busca de peixes, que parecem não se importar muito com os preços da época da Páscoa.

O aposentado Alaor dos Santos, conta que comprou peixe ontem e voltou ao mercadão hoje para comprar mais quatro quilos de pintado. "Eu recebi uma ligação de última hora informando que vem visita ficar em casa, então tive que voltar para comprar e enfrentar mais filas", conta.

Com relação ao preço, o aposentado afirma que reparou que está mais caro, só que não deixa de comprar. "A gente nota que tudo encarece, mas não tem como deixar de comer peixe, pelo menos na Semana Santa", afirma.

Movimento é intenso em peixarias de Campo Grande na véspera da sexta-feira Santa. (Foto: André Bittar)Movimento é intenso em peixarias de Campo Grande na véspera da sexta-feira Santa. (Foto: André Bittar)

Tradição na casa da católica Cassiana dos Santos, hoje ela aproveitou para garantir o peixe de amanhã. "Vou comprar quatro quilos de pacu para fazer assado para a família. Já é tradição nos reunirmos na Páscoa. Sobre os preços, eles subiram sim, mas nunca deixo de comprar".

O mecânico Raul Santos, informa que pesquisou preços em dois lugares e comprou onde estava mais barato. " A gente pesquisa preço, mas não deixa de comprar porque comer peixe na sexta-feira Santa é tradição", diz.

A peixaria do mercadão ficará aberta até 12h de amanhã (14).

Na peixaria Rio Sul, localizada na rua Rui Barbosa, o movimento na semana aumentou 100%. Segundo a proprietária, Tânia Barbosa, para a Páscoa deste ano, o estoque foi reforçado em cinco toneladas. "O movimento deste ano surpreendeu e essa semana tá bem corrida, já que as pessoas deixam para comprar na última hora", alega.

A peixaria fica aberta hoje até às 20h e amanhã, conforme a proprietária amanhã deve ficar aberto enquanto tiver cliente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions