A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

25/11/2014 12:03

Número de micro empresas cresce 50% em dois anos na 2ª maior cidade de MS

Helio de Freitas, de Dourados
Maior crescimento foi verificado entre as empresas de comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (Foto: Eliel Oliveira)Maior crescimento foi verificado entre as empresas de comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (Foto: Eliel Oliveira)

O número de micro e pequenas empresas cresceu quase 50% nos dois últimos anos em Dourados, a 233 km de Campo Grande. De acordo com o Empresômetro, um mapeamento das micro e pequenas empresas criado pela CNC (Confederação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul concentra 8,5% das 165.653 MPEs (Micro e Pequenas Empresas) ativas no Estado.

Conforme o mapeamento, Dourados tinha 9.733 micro e pequenas empresas em 2012, passou para 11.345 em 2013 e neste ano chegou a 14.456 até agora.

A maioria das pequenas e micro empresas (1.418) é de comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios. Em segundo lugar aparecem os salões de cabeleireiro, com 461 empresas. Depois vem comércio varejista de mercadorias em geral (423), obras de alvenaria (322), transporte rodoviário de cargas (309) e comércio de varejo de peças e acessórios para veículos (290 empresas).

Entre os novos empresários está Carlinhos Ginga, que por muitos anos foi vendedor do comércio e hoje tem duas lojas em Dourados, instaladas em pouco mais de um ano.

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, o maior crescimento de 2012 para 2013 foi verificado nas áreas de edição de cadastros, listas e outros produtos gráficos. Esse setor cresceu 75%. As fábricas de produtos diversos cresceram 72,73% e o número de empresas de corretagem na compra e venda e avaliação de imóveis aumentou 60%.

Já no ano seguinte, o maior crescimento foi do número de representantes comerciais e agentes do comercio de combustíveis, com (47%). O número de padaria e confeitaria subiu 32% e de serviços especializados para a construção aumentou 31%. Já o número de empresas do comércio varejista de mercadorias em lojas de conveniência subiu 28% de 2013 para 2014.

Para a prefeitura de Dourados, o crescimento da abertura de empresas e da economia da cidade é reflexo dos investimentos em infraestrutura, qualificação de mão de obra e moralização da administração pública, feitos nos últimos três anos. “O prefeito Murilo Zauith assumiu a cidade em fevereiro de 2011 após uma crise de corrupção que escandalizou Dourados no Brasil. Hoje a confiança voltou e o município vive uma era de prosperidade e crescimento”, afirmou a prefeitura através da assessoria.

Agências do BB abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep
As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais c...
Águas Guariroba consta pela 2ª vez entre 150 melhores para se trabalhar no País
Pela segunda vez, a concessionária Águas Guariroba, responsável pelo saneamento básico em Campo Grande, está relacionada entre as 150 melhores  empre...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions