A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/05/2010 13:55

Redação

Os veículos pesados, como caminhões e ônibus, deverão reduzir pela metade os atuais níveis de emissão de gases poluentes, a partir de janeiro de 2012.

A determinação faz parte da resolução Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente) Fase P-7, também conhecida como Euro 5.

Para cumprir esta meta, a indústria automotiva está desenvolvendo catalisadores e outros equipamentos que serão acoplados aos motores, além de aditivos para combustíveis.

Mauro Simões, gerente executivo da MAN (antiga fábrica de caminhões e ônibus da Volkswagen) na América Latina, disse que o setor está passando por uma transformação para gerenciar as novas determinações ambientais e admitiu que os veículos menos poluentes chegarão ao mercado custando entre 10% e 15% mais caros.

"Essa nova legislação já está implantada em alguns países da Europa e nos Estados Unidos e verificamos que a maior complexidade dos motores acabou gerando um custo adicional. Claro que aqui no Brasil estamos trabalhando para minimizar ao máximo esse efeito e garantir, assim, a competitividade de cada uma das marcas que atuam no mercado brasileiro. Mas, algum repasse do custo será inevitável", previu Simões.

Para abastecer a nova geração de motores, a Petrobras está desenvolvendo novos aditivos, que também estarão disponíveis nos postos de combustíveis a partir de janeiro de 2012. "Além da gasolina, do diesel e do álcool, vamos ter uréia nos catalisadores. Também vamos disponibilizar nos postos de todo o país um [óleo] diesel com menos enxofre", explicou o gerente de Soluções Comerciais de Abastecimento da Petrobras, Frederico Kremer.

Segundo ele, o diesel com baixa quantidade de enxofre, fornecido pela Petrobras, já está disponível em alguns mercados desde 2009, mas a partir de 2012 será distribuído para todo o país.

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions