ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 26º

Economia

Pagamento de parcelas do IPTU e do ISS serão adiadas para abril e junho

Decreto com novos prazos será publicado adiando o pagamento da 3ª parcela dos tributos

Por Silvia Frias e Gabriela Couto | 19/03/2021 11:23
Central de pagamento do IPTU, no Paço Municipal de Campo Grande (Foto/Divulgação)
Central de pagamento do IPTU, no Paço Municipal de Campo Grande (Foto/Divulgação)

O pagamento da 3ª parcela do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e ISS (Imposto sobre Serviço) será prorrogado por decreto a ser publicado hoje no Diogrande (Diário Municipal de Campo Grande) como forma de amenizar os custos para setor empresarial e população.

A medida foi divulgada pelo presidente da CDL-CG (Câmara de Dirigentes Lojistas), Adelaido Vila, que esteve em reunião com o prefeito Marquinhos Trad e secretários de Finanças (Pedro Pedrossian Neto) e de Governo (Antônio Cezar Lacerda) e o presidente da Associação Comercial, Roberto Oshiro.

O decreto a ser publicado hoje irá adiar a data de pagamento da 3ª parcela do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) que venceria 10 de abril e passou para 10 de junho. A 3ª parcela do ISS (Imposto sobre Serviço), que venceria dia 25 de abril poderá ser pago até dia 25 de junho de 2021.

Segundo Pedro Pedrossian Neto, pagamentos feitos na nova data de vencimento não terão cobrança de juros ou correções monetárias. Além disso, o desconto de 5% para pagamentos em dia e a possibilidade de parcelamento também estão mantidos. "Se chegar no dia de pagar e a pessoa não tiver dinheiro, ela vai conseguir parcelar", explica.

Ainda de acordo com ele, contribuintes que não queiram prolongar o pagamento poderão quitar os débitos em abril. “O boleto estará válido. Mas se preferir adiar para junho, basta acessar o site da prefeitura e fazer o download ou ligar na Central de Atendimento no (67) 3042-1320”, informa.

“Isso vai ajudar bastante nosso setor, principalmente os pequenos empresários e pretadores de eserviços que estão agonizando”, disse Vila, explicando que a medida também .


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário