A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/03/2010 16:18

Para Assomasul, royalties podem chegar no melhor momento

Redação

Mesmo sem ser um estado produtor, os municípios de Mato Grosso do Sul podem receber R$ 95 milhões de royalties do petróleo, se a emenda que estabelece divisão igualitária dos royalties do petróleo entre estados e municípios for aprovada pelo Senado e sancionada. O cálculo é da CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

De autoria dos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG), a emenda propõe que as verbas dos royalties sejam distribuídas observando os critérios do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

A emenda foi aprovada pela Câmara na noite de quarta-feira. O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Humberto Pereira (PSDB), comemora.

De acordo com ele, a aprovação acontece no momento em que as prefeituras mais precisam de recursos e representam um grande avanço. Beto Pereira diz que os municípios ainda sofrem em decorrência da crise financeira mundial.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions