ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  03    CAMPO GRANDE 24º

Economia

Parceria vai aumentar investimento e coleta de esgoto em MS, avalia Assomasul

Empresa Aegea vai assumir o serviço de esgotamento sanitária em 68 municípios do Estado

Por Leonardo Rocha | 24/10/2020 11:05
Obra de estação de tratamento de esgoto em Dourados, operada pela Sanesul (Foto: Divulgação - Sanesul) 
Obra de estação de tratamento de esgoto em Dourados, operada pela Sanesul (Foto: Divulgação - Sanesul)

A Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) destacou o aumento de investimento e na cobertura da rede de esgoto em 68 municípios do Estado, com a parceria público-privada que será feita entre o governo estadual, com a empresa Aegea Saneamento e Participações, vencedora do leilão.

“Primeiro, porque o leilão, através do deságio, deu um resultado positivo financeiro para a Sanesul, mas principalmente pelo investimento que está por vir na área de esgotamento sanitário, previsão de 80% de cobertura em 2022, chegando a universalização no prazo de 10 anos”, descreveu o presidente da Assomasul, Pedro Caravina.

A empresa que vai assumir o serviço de esgoto durante 30 anos, em 68 municípios, terá que aplicar o valor de R$ 3,7 bilhões neste período, com o objetivo levar 100% do serviço para estas cidades. “Isso é muito importante, principalmente para os pequenos municípios, porque se não fosse uma parceria dessa, provavelmente não teria um investimento no saneamento”, completou.

Caravina ainda citou o trabalho de fiscalização feito pela Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) no setor de esgotamento sanitário. “Importante para que esse serviço prestado pela empresa terceirizada possa atingir um resultado positivo para o cidadão sul-mato-grossense”, ponderou.

O leilão foi realizado ontem (23), durante a manhã, na Bolsa de Valores Brasileira, em São Paulo. A empresa Aegea, que também é a dona da Águas Guariroba, venceu as outras três concorrentes com a proposta de preço unitário de R$ 1,36 por metro cúbico de esgoto.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ressaltou que é uma grande oportunidade para “universalizar” o serviço (esgoto) nestas 68 cidades, que têm cobertura da Sanesul (Empresa Estadual de Saneamento), sendo que atualmente a coleta é de apenas 46%. A expectativa é beneficiar 1,7 milhão de pessoas no Estado.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário