A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

06/08/2014 08:50

Pesquisa encontra variação de 542% no valor de presente para os pais

Priscilla Peres
Superintendente do Procon orienta comparar preços antes de comprar presente dos pais. (Foto: Arquivo)Superintendente do Procon orienta comparar preços antes de comprar presente dos pais. (Foto: Arquivo)

Pesquisar os preços antes de ir às compras dos presentes para o Dia dos Pais, comemorado no domingo (10), é a melhor opção para quem quer economizar. Pequisa realizada pelo Procon/MS (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor) revela que a diferença de preços para o mesmo item varia até 542% em Campo Grande, de acordo com o local.

Foram pesquisados 48 itens divididos em presentes para vestir, para uso geral e tecnológicos. Os técnicos percorreram 12 estabelecimentos comerciais no centro. A variação de 542,14% é referente ao preço do kit de ferramentas, que custa R$ 29,90 no hipermercado Extra e R$ 192 na City Lar. O valor cobrado pelo aparelho de Blu-Ray têm diferença de R$ 398,50, custando R$ 99,90 no Extra e R$ 498 no Walmart.

O superintendente do Procon, Alexandre Rezende, afirma que pesquisar os preços antes de comprar é a melhor escolha. "Fazemos a pesquisa para esclarecer a população de que os estabelecimentos praticam preços diferentes e que pode variar muito de um local para o outro", diz.

No item de presentes para vestir, o tênis têm a menor variação entre as lojas pesquisadas, com 18,47% enquanto o preço das meias variam até 238%. Na categoria uso geral, o preço dos DVDs têm dfiferença de 0,40% e do aspirador de pó, 342%. Já entre os presentes tecnológicos, geralmente os mais comprados nessa época, o valor cobrado pelo DVD Player varia 37,66% enquanto que o de videogame Xbox ou Playstation varia 377%.

“A pesquisa foi realizada pelo setor de pesquisa do Procon com o objetivo de oferecer uma referência de preço ao consumidor através dos preços médios obtidos dentre as amostras pesquisadas”, esclarece Alexandre.

Consumidor deve bater perna para achar presente e evitar pagar mais caro. (Foto: Arquivo)Consumidor deve "bater perna" para achar presente e evitar pagar mais caro. (Foto: Arquivo)
Entidade prevê pior "Dia dos Pais" desde 2004 para as vendas
Projeções feitas a partir de levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), indicam que neste ano o Dia dos Pai...
Saque das cotas do PIS/Pasep começa hoje para quem tem mais de 70 anos
Pessoas a partir de 70 anos que tenham contribuído com o PIS (Programa de Integração Social) ou o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servid...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions