A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/12/2012 14:30

PIB industrial de MS cresce 274% em oito anos, aponta Fiems

Nícholas Vasconcelos
PIB industrial de MS passou de R$ 2,2 bilhões para R$ 8,3 bilhões. (Foto: Divulgação)PIB industrial de MS passou de R$ 2,2 bilhões para R$ 8,3 bilhões. (Foto: Divulgação)

O PIB (Produto Interno Bruto) do setor industrial de Mato Grosso do Sul aumentou 274,11% entre 2002 a 2010, saltando de R$ 2,2 bilhões para R$ 8,3 bilhões. De acordo com Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), a taxa média de crescimento foi de 15,8% é superior ao índice de expansão da economia chinesa, que é de 9,5% ao ano.

O levantamento do Radar Industrial da Fiems tem base nos dados IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados em novembro.

Para o presidente da Federação, Sérgio Longen, a evolução do PIB Industrial aponta o crescimento de uma nova economia para o Estado. “A indústria vem se consolidando, atraindo ainda mais investimento, fortalecendo os negócios para as empresas já instaladas, gerando mais emprego, renda e divisas”, disse. Longen avaliada que o cenário atual é a consolidação da diversificação da economia de Mato Grosso do Sul. “Ainda somos um Estado jovem. Vamos crescer muito mais”, comentou.

A projeção do levantamento aponta um crescimento do PIB industrial de 19,17% para 2011, de 5,10% para 2012, 17,38% no ano de 2013 e de um avanço de 12,74% para 2014. Segundo Longen, as expectativas são um estimulo para que os empresários continuem com o processo de modernização dos meios de produção em busca de competitividade e sustentabilidade.

“Temos variedades na produção, boa logística, energia suficiente. Reunimos condições favoráveis para ampliar nosso parque industrial”, garantiu. Para 2010 o Radar havia apontado um PIB Industrial para 2010 de R$ 8,2 bilhões, ficando bem próximo do valor oficial de R$ 8,3 bilhões.

Levando em consideração apenas o crescimento real, que é o crescimento da produção já descontando a inflação, o PIB Industrial também obteve o melhor desempenho médio, acumulando um crescimento de 73,05% entre 2002 e 2010, evoluindo a uma taxa média anual de 7,17%, em que os melhores resultados foram obtidos na indústria de transformação, com 7,39% ao ano, e na indústria de utilidade pública e extrativa mineral, com 10,76% ao ano e 9,60% ao ano, respectivamente.

Os melhores desempenhos da atividade industrial nesta série ocorreram em 2008 com 12,41%, e em 2010 com 14,61% de crescimento anual. Em 2010 as melhores taxas foram nas atividades da Indústria de Utilidade Pública com 22,72% e Indústria de Transformação com 17,14%.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions