A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

10/04/2015 12:17

Polícia interdita 23 toneladas de feijão com insetos em rede atacadista

Viviane Oliveira e Priscilla Peres
Parte do feijão apreendido vai passar por análise. (Foto: Marcelo Calazans) Parte do feijão apreendido vai passar por análise. (Foto: Marcelo Calazans)
Polícia Civil encontrou vários fardos da marca, que estavam contaminados. (Foto: Marcelo Calazans) Polícia Civil encontrou vários fardos da marca, que estavam contaminados. (Foto: Marcelo Calazans)

A denúncia de uma consumidora na tarde de ontem (9) levou a Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra Relações de Consumo) e a Vigilância Sanitária a interditar 23 toneladas de feijão contaminados por insetos, conhecimentos como carunchos. A operação no Assaí Atacadista ainda não terminou e o delegado estima que no total sejam apreendidas 40 toneladas do produto.

De acordo com delegado responsável pela operação, Elton Galindo, uma consumidora procurou a delegacia após comprar 10 quilos de feijão da marca Catame, no supermercado Assaí da Coronel Antonino e verificar que a maior parte do produto estava com caruncho.

Os policiais foram até o local junto com a Vigilância Sanitária e constaram o problema. Lá foram interditados 22.600 kg. “Parte do produto foi apreendido e vai passar por análise laboratorial, no entanto, dá para ver que o feijão está contaminado por carunchos”, diz o delegado. Do local, as equipes foram até o distribuidor, onde mais 450 kg foram interditados. 

Hoje de manhã, as equipes continuaram a operação e foram até o Assaí, da Avenida da Fábio Zahran. No estabelecimento também foram localizados fardos de feijão com o mesmo problema. "Os policiais estão percorrendo supermercados para verificar se o mesmo lote chegou a ser distribuído em outros estabelecimentos", destaca. 

A rede informa que o lote 120215 de feijão Catame estava dentro do prazo de validade, com vencimento em março de 2016. Tão logo o fato foi identificado, a loja pediu esclarecimentos ao fornecedor e aguarda a apresentação dos laudos técnicos para tomar as devidas providências. A rede enfatiza seu compromisso com a qualidade dos produtos oferecidos e informa que mantém um rígido controle de conservação e armazenamento em suas lojas.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions