A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

05/04/2017 14:25

Preço do quilo da carne bovina cai 18% em um mês em açougues de MS

Renata Volpe Haddad e Elci Holsback
Picanha ficou 18% mais barata em março. (Foto: Elci Holsback)Picanha ficou 18% mais barata em março. (Foto: Elci Holsback)

O preço da carne bovina ficou 18% mais barato em março, se comparado com fevereiro deste ano, segundo pesquisa do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais) da Uniderp. Com valores próximos ao frango, a carne começa a voltar a ser preferência do consumidor campo-grandense, depois de dois anos com preços em alta.

É o caso da dona de casa, Alice Prado, 62. "Vi que teve queda nos preços nesses últimos dias, principalmente das carnes com cortes mais caros. Em casa somos cuidadosos, tentamos ver a qualidade mas não paramos de comer por causa do que saiu na mídia, sobre a operação Carne Fraca. Não dá para ficar sem carne vermelha", comenta.

Na casa de Janete Álvares, 35, as refeições do dia dependem das promoções. "Eu sempre acompanho os preços de carne bovina e frango e vi que na última semana o preço do frango deu uma reduzida. A carne vermelha até baixou, mas voltou a subir, mas mesmo assim o valor ainda está acessível", diz.

Conforme os preços divulgados pela universidade, pode-se comparar o músculo bovino que é vendido a R$ 15,88 o quilo com o coração de frango que está R$ 16,59. Outro exemplo é o fígado, que o quilo custa R$ 12,23 e comparar com o peito de frango, vendido a R$ 12,60.

A queda nos preços é reflexo da operação Carne Fraca desencadeada no dia 18 de março, que afetou o setor, tanto para os pecuaristas quanto para as indústrias. Em Mato Grosso do Sul, três frigoríficos do JBS deram férias coletivas para os funcionários.

Preços - A picanha é a carne que ficou mais barata em um mês. De R$ 44,96 o quilo, baixou para R$ 36,71, redução de 18,35%. O contra-filé teve redução de 6,53% de R$ 26,49 em fevereiro, fechou março custando R$ 24,76.

Outros cortes, como músculo, lagarto e alcatra, a redução foi de pouco mais de 1,5%.

Em relação aos valores das carnes de frango, em um mês, a maior retração foi coxas, que ficou 20,94% mais barato. De R$ 7,45 está custando R$ 5,89. O frango inteiro congelado também ficou mais barato, sendo que de R$ 5,94 passou para R$ 5,13, queda de 13,64%.

Os peixes ficaram até 22,7% mais caros em março. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)Os peixes ficaram até 22,7% mais caros em março. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

Aumento - Em contrapartida, todos os cortes de peixe ficaram mais caros de um mês para o outro, por causa da Quaresma. O pintado teve aumento de 22,77%, subindo de R$ 9,23 o quilo para R$ 11,33.

A sardinha também aumentou, passando de R$ 11,31 para R$ 13,90. O bacalhau do porto, ficou 16,93% mais caro em um mês: de R$ 82,02 está custando R$ 95,90 o quilo. O filé de tilápia também encareceu, passando de R$ 16,54 para R$ 18,99.




Nao dá pra entender, a maioria das carnes vem dai de MS e aqui em Natal e muito mais barato que ai em Campo Grande, ex: figado de boi aqui R$ 7.00.
 
mousami em 06/04/2017 07:08:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions