A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

04/04/2017 17:28

Carne Fraca volta a pautar reuniões de Reinaldo com produtores rurais

No gabinete itinerante, montado na Expogrande, governador recebe representantes de pecuaristas e agricultores na tarde de hoje

Anahi Zurutuza e Lucas Junot
Reunião do governador com o presidente da ABCZ (à esquerda de Reinaldo) e outros integrantes da associação (Foto: André Bittar)Reunião do governador com o presidente da ABCZ (à esquerda de Reinaldo) e outros integrantes da associação (Foto: André Bittar)

Em reuniões com representantes da pecuária de Mato Grosso do Sul e de fora do Estado foi impossível não voltar a falar da operação “Carne Fraca”, considerada desastrosa pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Além dos objetivos centrais dos encontros o chefe do Executivo estadual e os integrantes da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e com a ABCZ (Associação Brasileira de Criadores de Zebu) criticaram a ação da Polícia Federal contra frigoríficos.

“As reuniões de hoje com vários representantes do setor produtivo do Estado serviram para debater as questões que mais afligem os produtores rurais. Questões que vão desde o debate sobre a previdência, sobre as regras específicas para o setor rural, até o momento delicado pelo qual passa a agropecuária em virtude da operação desastrosa deflagrada pela PF”, disse o governador ao sair dos dois primeiros encontros da tarde desta terça-feira (4).

Reinaldo disse que as conversas com o setor são importantes para traçar metas e estratégias de recuperação da credibilidade na proteína animal produzida no Brasil. “Neste momento, além de recuperar a credibilidade no mercado internacional, as ações devem ser coordenadas para recuperar a confiança da dona de casa nos produtos nacionais”, fez questão de dizer.

O governador não poupou críticas à PF, novamente. “Esta ação equivocada da PF colocou em xeque todo o trabalho do setor produtivo nacional. A carne do Brasil não é fraca, é forte e nós brasileiros atiramos contra nós mesmos”.

Gabinete itinerante – Na primeira reunião no gabinete itinerante montado no Parque de Exposições Laucídio Coelho para encontros marcados durante a Expogrande 2017, Reinaldo debateu com uma comissão da Famasul a revisão da legislação ambiental especificamente relacionada ao Pantanal.

Já do presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, levou ao governador o convite para participar da ExpoZebu, que acontece em Uberaba (MG) do dia 29 de abril a 7 de maio.

Segundo Arnaldo, o governador confirmou a participação. Além de Reinaldo, estarão presentes, governados do Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Minas Gerias.O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, também já teria garantido a presença no evento e no dia 11 de abril, a ABCZ estenderá o convite do presidente Michel Temer (PMDB).

“No próximo mês, 30 países vão estar na ExpoZebu interessados em importar material genético brasileiro. 80% das raças brasileiras têm sangue zebu, o que atesta uma qualidade incomparável e um rebanho saudável”, afirmou o representante dos criadores desta espécie de gado, destacando que Reinaldo Azambuja garantiu a presença dele como o “representante do Estado que possui os melhores criadores do Brasil”.

Ainda na tarde de hoje, o governador recebe o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha (PSDB), e representantes da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions