ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Prefeitura quer estender até 2022 prazo para quitar dívidas de moradia popular

Projeto para alteração no prazo será votado hoje pelos vereadores da Capital.

Por Caroline Maldonado | 08/06/2021 09:21
O projeto para alteração no prazo ainda tem que passar por votação entre os vereadores (Foto: Henrique Kawaminami)
O projeto para alteração no prazo ainda tem que passar por votação entre os vereadores (Foto: Henrique Kawaminami)

A Prefeitura de Campo Grande quer dar mais um ano e meio de prazo para que as pessoas inadimplentes possam pagar as parcelas das moradias populares com 100% de desconto sobre juros e multas. Já foi dado um prazo em 2019 que termina neste mês, porém como a pandemia de Covid-19 impactou nas finanças das famílias, a ideia é ir com o período de refinanciamento até final de 2022. O projeto para alteração no prazo ainda tem que passar por votação entre os vereadores.

O Projeto de Lei Complementar 734/21  está na pauta de hoje (08) da Câmara Municipal, em regime de urgência. Caso aprovado, a Prefeitura deve sancionar em alguns dias e começa a valer o novo prazo. Em 2019, quando o refinanciamento foi lançado, 7.161 pessoas estavam sem pagar as parcelas, o que resultava em um montante de R$ 46 milhões em dívidas.

Descontos - São três tipos de descontos nos juros e multas para os beneficiários. Quem paga a dívida total tem 100% de desconto sobre o valor dos juros de mora e multa contratual.

Os beneficiários que optam pela quitação parcial da dívida, com pagamento de, no mínimo, 10 parcelas, têm descontos de 80% sobre o valor dos juros e multa. Quem prefere o parcelamento precisa dar uma entrada no valor equivalente a 30% do total da dívida e tem descontos de 80% do valor dos juros e multa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário