A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

28/11/2018 17:00

Procon percorre postos para detectar preços abusivos de combustíveis

Ação teve início nesta quarta-feira (28) e percorreu 15 postos de Campo Grande

Guilherme Henri
Equipe de fiscalização em posto de combustível da Capital (Foto: Divulgação)Equipe de fiscalização em posto de combustível da Capital (Foto: Divulgação)

O Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor) deflagrou nesta quarta-feira (28) ação de fiscalização em postos de combustíveis de Campo Grande. O objetivo é colher documentos para comprovar ou não se o estabelecimento está com preços abusivos na bomba.

As informações são do secretário da Subscretaria de Proteção e Defesa do Consumidor de Campo Grande, Valdir Custódio. Segundo ele, equipes do órgão já fiscalizaram pelo menos 15 postos da Capital.

“Houve redução nas refinarias. Mas, entendemos que é a redução na bomba depende de diversos fatores, como por exemplo, quando e o valor que o combustível no posto foi adquirido e também o que há no estoque. Daí, a necessidade de colher documentos para saber se de fato o estabelecimento tem condições ou não de repassar o desconto ao consumidor”, esclarece.

Além disso, segundo o secretário, o Procon não pode obrigar os postos a baixarem os preços, porém se comprovada a abusividade o estabelecimento pode ser multado.

“Não há como definir valores, pois depende se o posto é reincidente e de outras circunstâncias, que podem encarecer o valor aplicado”, explica.

Ainda conforme Valdir, as fiscalizações vão continuar no município e também serão realizadas por meio de notificações via correspondência pedindo que a empresa apresente junto ao órgão os documentos referentes a aquisição de combustíveis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions