A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/05/2008 10:50

Salário na construção terá reajuste de 6% a 12%

Redação

Os salários de trabalhadores da Construção Civil de Mato Grosso do Sul terão reajuste de até 12%, já a partir dos pagamentos referentes ao mês de maio. Ontem representantes da Fetricon (Federação dos Trabalhadores na Construção Civil) estiveram reunidos com a diretoria do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), onde foi fechada a convenção. O reajuste contempla 80 mil trabalhadores do interior do Estado, segundo o presidente da Federação, João Gomes.

O reajuste é de 12% para serventes e auxiliares; de 10% para as funções qualificadas, como pedreiros e encanadores e 6% para mestre-de-obras, encarregados e outros que já tinham salário acima do piso oficial.

O salário-base do auxiliar de escritório ficou em R$ 415,00; de servente e vigia em R$ 460,00; motorista e funcionário de almoxarifado R$ 620,00; de apontado R$ 620,00, de encarregado de obras R$ 778,50 e mestre-de-obras R$ 1.112,46. Em Campo Grande, a negociação foi feita pelo Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil. O índice definido foi de 8%.

O setor da construção civil sofre com a falta de pessoal qualificado para trabalhar nas obras. Os que têm experiência estão sendo bastante disputados. A demanda é por 10 mil trabalhadores qualificados, principalmente em especialidades como acabamento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions