A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

20/12/2013 17:13

Serviços surpreende com demissões e número de vagas cai 79% em MS

Edivaldo Bitencourt
Serviços surpreende com demissões e número de vagas cai 79% em MS

O setor de serviços surpreendeu e demitiu mais do que contratou no mês passado em novembro deste ano em Mato Grosso do Sul. Tradicionalmente famoso por criar empregos neste período, o terceiro setor se somou à indústria e agropecuária e forçou a redução de 79% no número de novos empregos no mês passado no Estado.

De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Emprego e Desemprego) do Ministério do Trabalho e Emprego, foram eliminados 72 empregos em novembro deste ano no Estado. Em relação ao mesmo período de 2012, quando foram criados 287 novas vagas, houve redução de 79%.

O comércio, sozinho, criou 1.002 novas vagas em novembro, mas teve o resultado ofuscado pelo setores de serviços (menos 610 vagas), agropecuária (-473) e indústria (-332).

O resultado foi positivo em Campo Grande, com a criação de 758 novas vagas no mercado de trabalho, seguido por Três Lagoas (426), Nova Andradina (63) e Coxim (21).

O fechamento de vagas ocorreu no interior, principalmente em Dourados (-206), Paranaíba (-166), Ponta Porã (-113) e Corumbá (-19).

Para o economista Áureo Torres, a queda no número de empregos no setor de serviços foi uma surpresa. Já nos demais setores, o fechamento de empregos é normal neste período do ano.

Ele prevê que de 12 mil a 15 mil empregos serão fechados neste mês. Com esse resultado, o ano deverá fechar com a geração de 13 mil a 16 novos empregos, segundo o economista.

Até novembro, segundo o ministério, Mato Grosso do Sul registrou a criação de 28,7 mil novas vagas no mercado de trabalho. Para Torres, o número será inferior aos outros anos em decorrência ao pífio crescimento da economia brasileira, que devera ficar em torno de 2% a 2,5% neste ano.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions