ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 25º

Economia

Vacinação contra aftosa na fronteira começa dia 26, diz Iagro

Fabiano Arruda | 19/03/2012 17:40
Procedimento foi antecipado para acompanhar vacinação contra doença no Paraguai. (Foto: Divulgação)
Procedimento foi antecipado para acompanhar vacinação contra doença no Paraguai. (Foto: Divulgação)

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa começa na próxima segunda-feira na região de fronteira do Estado nos municípios que fazem parte da antiga ZAV (Zona de Alta Vigilância).

O processo foi antecipado para acompanhar o segundo período de vacinação contra a doença no Paraguai, que registrou dois focos nos últimos seis meses.

O procedimento será antecipado para o mês de abril, porém, segundo informações da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) os trabalhos começam no próximo dia 26.

A vacinação será destacada para propriedades classificadas de risco pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Nestes locais, a agência utiliza a Agulha Oficial, procedimento em que a vacina é doada e a aplicação realizada por técnicos da Iagro.

Segundo informações da Iagro, nas demais propriedades, serão três métodos de vacinação: acompanhada, em que o produtor vacina os animais na presença dos servidores do órgão em 100% do rebanho; fiscalizada, em que a vacinação ocorre sob acompanhamento parcial por servidores; e oficial, casos em que produtor fica responsável pela aquisição da vacina das revendas de produtos veterinários.

A agência orienta que os produtores se programem com antecedência para a vacinação. Na aquisição da vacina, basta se dirigir aos escritórios da Iagro para a liberação da compra no sistema Saniagro bem como o agendamento dos trabalhos de fiscalização da vacinação. O prazo para o registro de vacinação deve ser realizado pela internet até 15 de maio.

São 13 municípios que compõem a ZAV: Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Japorã, Ladário, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho e Sete Quedas. São pelo menos 800 mil cabeças de gado na região.

Cronograma - O calendário de vacinação para o restante do Estado segue o mesmo, informa a Iagro. No Planalto, região onde bovinos e bubalinos devem ser imunizados de zero a 24 meses, vai de 1º a 31 de maio.

Já no Pantanal será de 1º de maio a 15 de junho, quando os optantes desta etapa devem imunizar todo o rebanho de mamando a caducando.

O registro de vacinação para o Planalto deve ser feito até 15 de junho e no Pantanal até 30 de junho.

Outras informações podem ser obtidas pelo produtor por meio do telefone 0800-679120.

Nos siga no Google Notícias