A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

30/12/2016 15:43

Vendas caem, mas consertos de ar-condicionados crescem até 30%

Em busca de economia, público opta pelo conserto e manutenção dos aparelhos

Elci Holsback
Serviços de limpeza e manutenção são os mais procurados (Foto: Marcos Ermínio)Serviços de limpeza e manutenção são os mais procurados (Foto: Marcos Ermínio)

Em busca de economia e para fugir do calor do verão, consumidores estão priorizando o conserto à compra de novos aparelhos de ar-condicionado. Conforme lojistas do setor, as vendas caíram 50%, enquanto que o volume de consertos dos aparelhos cresceu em média 30%.

Na loja Centro-Oeste Refrigeração, as quedas nas vendas iniciaram em 2015, quando foi registrada retração de 30% comparado ao final de 2014. Neste ano, a loja registrou nova queda nas vendas de aparelhos.

Em contrapartida, as vendas de peças de reposição e consertos subiram 30%. "Em comparação com 2014 as vendas já haviam caído no ano passado e agora reduziram mais R$ 50%. O que vemos é a crescente procura por peças e pela manutenção, já que o valor é bem mais baixo, mas há casos onde não é possível, por exemplo, aparelhos com 10 anos não tem conserto", detalha o gerente da loja, Fábio Dudas.

Somente neste mês, a loja recebeu cerca de 50 máquinas para limpeza, conserto ou manutenção. Os valores variam de acordo com o serviço, mas o mais barato, como uma limpeza, pode sair por R$ 250 e a troca de um compressor ou carga de gás, entre os mais caros, custam em média R$ 800.

Mesmo com alguma reação no mês, o registro das vendas não foi dos mais expressivos para o período, segundo o gerente. "Vendemos em dezembro cerca de 200 máquinas. Em tempos melhores, a média era de 2 mil máquinas ao mês. Esse ano foi atípico, já que não houve períodos de calor intenso, choveu muito, o clima oscilou", avalia Dudas.

Na loja, a média de valor de um ar-condicionado split 9 mil btus é de R$ 1.200. "Já foi mais barato, mas com o aumento dos impostos, o valor subiu", avalia o gerente.

Com serviços à partir de R$ 100, a loja G-Clima registra aumento de 30% nos atendimentos de manutenção somente nas últimas semanas de dezembro. Segundo o funcionário Marcos Rodrigues, a reação foi surpreendente. "Não esperávamos que no período de férias e festas o público procurasse tanto pela manutenção, mas como o caor chegou, a expectativa é de melhorar ainda mais", comenta.

Ainda de acordo com Rodrigues, os serviços mais procurados são limpeza, mudança de casa, onde é possível levar os aparelhos modelo split e assistência técnica em geral. A loja também faz parceria com uma revendedora e o funcionário avalia que houve recuo nas vendas. "As pessoas pedem orçamento, mas poucos compram", relata. 

Na loja Novo Ar, o panorama é semelhante, maior procura por consertos e manutenção e redução nas vendas. Segundo o proprietário, Douglas Tibúrcio, em comparação a outros meses, dezembro registrou reação tanto na venda quanto na manutenção, mas a avaliação geral do ano foi de redução nas vendas de aparelhos. "Se avaliarmos outros meses, o período está bom, cresceram as vendas, mas durante o ano podemos dizer que houve queda considerável".

Para o empresário, a esperança são as altas temperaturas previstas para os próximos dias e o tradicional calor dos meses de janeiro e fevereiro. "A expectativa é melhorar sempre. Janeiro está ai, o calor é forte e sempre as vendas reagem", finaliza.

Previsão - No que depender da previsão do tempo, os lojistas do segmento podem manter a esperança. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) a despedida de 2016 será com temperaturas em elevação. Apesar da previsão de pancadas de chuva e sol entre nuvens, as temperaturas podem chegar aos 38° em algumas regiões do Estado e 33° em Campo Grande nos próximos dias.

Até o fim do ano, empresas realizam quatro mutirões para 'limpar o nome'
A chegada do fim de ano aquece o comércio, principalmente por causa do 13º salário. E pensando nisso, será promovido um mutirão para "limpar o nome" ...
Associação Comercial inicia campanha “Nome limpo” na próxima segunda
A partir da próxima segunda-feira (20) a Associação Comercial e Industrial realiza a 12ª edição da campanha Nome Limpo em Campo Grande. A expectativa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions