ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 17º

Economia

Vendas de combustíveis caíram até 70%, mas os preços não baixam

Valor da gasolina está a R$ 4,43 em média nos postos e etanol em R$ 3,524 na Capital, segundo a ANP

Por Rosana Siqueira | 27/03/2020 15:41
Funcionários trabalham normalmente nos postos usando máscaras de proteção. (KIsie Ainõa)
Funcionários trabalham normalmente nos postos usando máscaras de proteção. (KIsie Ainõa)

As vendas de combustíveis nos postos de Campo Grande caíram até 70% desde o início do isolamento imposto diante da pandemia do coronavírus. Mesmo assim, os preços da gasolina e do etanol não mudaram muito. De acordo com o último balanço da Agência Nacional de Petróleo o custo do litro da gasolina estava em média a R$ 4,43 nas bombas de Campo Grande, enquanto po etanol saia em média a R$ 3,524.

Nos postos dos bairros a queda no movimento ficou em 60%. As informações são do Sinpetro (Sindicato dos Postos e Combustíveis de MS) que alega que desde a semana passada o setor tem sentido os efeitos negativos da quarentena nas bombas. “Se por um lado é bom que as pessoas estão em casa, por outro o volume de vendas recuou muito”, destacou o diretor executivo Edson Lazarotto.

Estoques cheios -Outro ponto desfavorável ao setor é que nas distribuidoras começaram a aumentar o número de caminhões parados já que o estoque não está girando. “Tivemos informações que nenhum posto está comprando esta semana. Estão tendo problemas para distribuidoras que trazem de fora porque não tem espaço para armazenar e os postos não estão comprando”, salientou.

No entanto, Lazarotto aposta na retomada pelo menos parcialmente o comércio na próxima semana para que o cenário mude. “Acredito que assim que as coisas melhorarem, voltar metade da movimentação da economia, as coisas mudem e ocorram novas compras nos postos”, adiantou enfatizando ainda que o consumidor também deverá notar quedas nos preços dos combustíveis a partir da próxima semana.