A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/12/2012 14:57

Votação de veto de Dilma ficou para a próxima semana, diz Michel Temer

Presidente em exercício falou sobre o assunto durante inauguração da Eldorado Brasil, nesta quarta-feira, em Três Lagoas

Nadyenka Castro, da Redação. e Carlos Martins. de Três Lagoas
Michel Temer, em discurso durante inauguração da Eldorado Brasil, em Três Lagoas. (Foto: Rachid Waqued/ Divulgação)Michel Temer, em discurso durante inauguração da Eldorado Brasil, em Três Lagoas. (Foto: Rachid Waqued/ Divulgação)

Em Três Lagoas nesta quarta-feira, o presidente em exercício Michel Temer (PMDB), disse que o Senado deve analisar na próxima semana o veto da presidenta Dilma Roussef (PT) ao projeto de distribuição entre os Estados dos royalties do petróleo.

De acordo com Michel, como a apreciação será feita só na semana que vem, os senadores têm mais tempo para discutir o assunto e que, para ele, o melhor é que haja “conversa para procurar entendimento”. Ele explica que não pode interferir na questão e que “a decisão cabe ao Congresso”.

Michel Temer participou em Três Lagoas da inauguração da Eldorado Brasil, fábrica de celulose. Após a solenidade, ele retornou para Brasília e o governador André Puccinelli (PMDB), ‘pegou carona’ no voo.

O chefe do Executivo do Estado já havia dito que iria conversar com Temer sobre os royalties. Ele defende a manutenção do projeto aprovado pelos deputados federais.

A Câmara dos Deputados havia aprovado novas regras para distribuição, o que renderia para Mato Grosso do Sul R$ 150 milhões a partir de janeiro de 2013. No entanto, a presidenta Dilma vetou e com isso os Estados produtores do pré-sal continuam com a maior parcela dos royalties.

Agora, o veto de Dilma será avaliado pelo Senado, que pode manter, fazer modificações ou ainda aprovar o dos deputados federais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions