ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Enquetes

Sentindo as consequências, 81% diz que saúde piorou com clima seco

Campo Grande já soma 30 dias sem chuva e cenário tem sido de muitas nuvens e fumaça

Por Aletheya Alves | 19/09/2020 08:31
Amanhecer com fumaça no bairro Jardim dos Estados. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Amanhecer com fumaça no bairro Jardim dos Estados. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

Além de preocupação com a pandemia do novo coronavírus, tempo seco e calor tem incomodado em Mato Grosso do Sul. Questionados pelo Campo Grande News nesta sexta-feira (18), 81% dos leitores votaram que o clima tem afetado a saúde.

De acordo com o meteorologista da Uniderp, Natálio Abrahão, a previsão para este sábado é de aumento nas nuvens com 60% de chance de chuvas no centro-sul de Mato Grosso do Sul. Já Campo Grande só entra na previsão de domingo.

Em enquete, 81% dos leitores votaram que calor e tempo seco estão afetando a saúde. (Arte: Ricardo Gael)
Em enquete, 81% dos leitores votaram que calor e tempo seco estão afetando a saúde. (Arte: Ricardo Gael)

Cansada do clima seco, Maísa Machado, de 49 anos, diz que o umidificador tem ficado ligado 24 horas. “Tenho sentido dificuldade em respirar quando fica mais quente, o tempo está muito pesado e a gente precisa espalhar toalha molhada e bacia com água pela casa inteira”, disse.

Maísa Machado, de 49 anos, diz que tem procurado recursos para melhorar falta de umidade. (Foto: Paulo Francis)
Maísa Machado, de 49 anos, diz que tem procurado recursos para melhorar falta de umidade. (Foto: Paulo Francis)

Também preocupada com os resultados na saúde, Maria de Lurdes Oliveira, de 56 anos, conta que não desenvolveu nenhuma alergia, mas que tem prestado atenção na respiração. “Está bem difícil, a torcida é para que venha chuva logo para acabar com a angústia”.

Parte dos 19% que não sentiram diferença na saúde devido ao clima, Ciselina Pereira Delmondes, de 64 anos, explica que manteve alimentação saudável e alto consumo de água para não ser prejudicada. “Não tenho me sentido mal, mas é água o tempo inteiro e muita fruta para garantir que não vai acontecer algo pelo calor forte”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário