A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Novembro de 2018

10/05/2017 14:51

Ainda sem Morenão para jogos, Comercial vai treinar no estádio para Série D

Paulo Nonato de Souza
De olho na Série D, o Comercial anunciou nesta quarta-feira que vai usar o gramado do Morenão para a sua preparação (Foto: André Bittar)De olho na Série D, o Comercial anunciou nesta quarta-feira que vai usar o gramado do Morenão para a sua preparação (Foto: André Bittar)

Embora não tenha certeza se poderá mandar seus jogos da Série D do Campeonato Brasileiro no Estádio Morenão, por conta do laudo do Corpo de Bombeiros ainda não ter sido liberado, o Comercial anunciou fará a sua preparação técnica e tática no estádio com treinos às quartas e sextas-feiras entre 15h e 17h.

“Queremos oferecer toda estrutura para a comissão técnica realizar os treinamentos, por um preparo melhor dos jogadores visando o acesso para a Série C”, diz Valter Mangini, presidente do Comercial, em nota divulgada pela assessoria de imprensa do clube.

De acordo com a nota, a diretoria do Comercial firmou um contrato de cinco semanas com a UFMS (Universidade Federação de Mato Grosso do Sul), responsável pela administração do Estádio Morenão para usar o gramado duas vezes por semana.

Pelo acordo, a primeira atividade no gramado do Morenão já acontece na tarde desta quarta-feira. A estreia do Comercial na Série D do Campeonato Brasileiro 2017 está marcada para o dia 21 deste mês, contra o Sinop, de Mato Grosso, em Campo Grande.

A tabela da competição prevê o jogo para o Estádio Morenão, mas o diretor de futebol do Comercial, Paulo Telles, disse que ainda falta o laudo do Corpo de Bombeiros.

“Temos os lados da Polícia Militar, da Vigilância Sanitária, mas está faltando o laudo do Corpo de Bombeiros. Hoje o Morenão não está liberado por isso: Falta o laudo do Bombeiros, mas estamos confiantes”, disse Telles.

Segundo ele, mesmo sem o laudo do Corpo de Bombeiros a ideia é jogar no Morenão, mas neste caso de portões fechados. “Sem o laudo, só não jogaremos de portões fechados se a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não autorizar. Neste caso iremos procurar outro local para receber nossos jogos”, afirmou Telles.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions