A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/10/2012 14:47

André recebe atletas que colocaram MS em quinto nas Paralímpiadas Escolares

Gabriel Neris e Paula Vitorino
André Puccinelli recebeu delegação sul-mato-grossense no auditório da governadoria (Foto: Paula Vitorino)André Puccinelli recebeu delegação sul-mato-grossense no auditório da governadoria (Foto: Paula Vitorino)

O governador André Puccinelli (PMDB) recebeu na manhã desta terça-feira (23) no auditório da Governadoria, em Campo Grande, os participantes das Paralimpíadas Escolares, disputada em São Paulo. O Estado foi o quinto colocado na classsificação geral.

Mato Grosso do Sul teve 109 representantes no evento, nas modalidades de atletismo, bocha, natação, tênis de mesa, futebol 7 e judô. O melhor resultado foi da equipe de bocha, que foi campeã.

O time de futebol 7 ficou com a medalha de prata, enquanto o judô terminou em terceiro. Ao todo foram 59 medalhas conquistadas, sendo 31 de ouro, 18 pratas e 10 bronzes. 

O chefe da deleção sul-mato-grossense, Levy Britto Coutinho, comemorou a posição alcançada em São Paulo, entretanto também cobra maior investimento. “Não só pelo poder público, mas também pela iniciativa privada. Estamos mantendo essa posição nos últimos cinco anos e esse ano teve aumento de medalhas”, comentou.

“Existe bom trabalho feito pelas equipes, mas por falta de dinheiro não existem equipes em muitas modalidades. Ainda falta incentivo para mostrar o esporte”, prosseguiu.

Coutinho diz que a principal dificuldade dos paratletas é a locomoção da casa onde moram até o local de treino. “Tudo isso dificulta, mais do que para um atleta comum”, completa.

O governador também manifestou alegria com os resultados obtidos na capital paulista. “Fiquei extremamente contente por eles. Quem é portador de deficiência sempre tem alguma limitação. Não sei se fosse comigo, se teria a mesma coragem. Eles já são vencedores e cabe a nós dar sempre incentivo”, discursou.

Os paratletas agradeceram ao incentivo, principalmente pelo deslocamento para São Paulo. Pela primeira vez, a delegação deixou de viajar de ônibus para ir de avião. De acordo com os competidores, o empurrãozinho ajudou a garantir bons resultados. “O avião está garantido até 2014”, afirmou Puccinelli.

Medalhistas – Integrante da equipe de futebol 7,Tiago Leonardo Rodrigues, de 17 anos, competiu pela primeira vez e foi escolhido destaque geral da modalidade. Ele diz que começou a treinar há cinco meses com o incentivo de um professor. “O resultado foi bom. Fiquei um pouco triste pela prata, seria bom se fosse o ouro”, comentou.

Otávio Mendes Ribeiro, de 15 anos, participou pela segunda vez da competição e ajudou a equipe de bocha a chegar à medalha de ouro. O adolescente revela que treina duas vezes por semana. Já são quatro anos praticamente a modalidade.

O jovem reclama da dificuldade em se deslocar aos treinos. “No próprio local, a rampa é muito grande e o piso irregular”, diz.

O canoísta paraplégico Rodrigo Figueiredo, de 30 anos, recebeu as passagens para participar do Campeonato Sul-Americano. O sul-mato-grossense está entre os seis representantes brasileiros.

Esta será a primeira oportunidade de Figueiredo na competição. Ele diz que será um passo importante para a carreira e que a canoagem praticamente não existia em Mato Grosso do Sul depois que começou a treinar.

“Os resultados estão vindo e servindo de incentivo para outras pessoas procurarem o esporte. A canoagem para mim é um estilo de vida”, comentou.



Parabéns a todos os paratletas.Campeão na Bocha, 5° no ranking nacional não é para qualquer um não!!Parabéns a ADD (associação driblando as diferenças) e a Marli pelo excelente trabalho! Ao governador não é só foto que ajuda e sim incentivos, tem mto que melhorar!!!
Otávio medalha de ouro na bocha, nosso orgulho, exemplo de superação e persistencia!!
Parabéns Campeão!!!!
 
elisa zocal em 23/10/2012 17:09:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions