A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

10/06/2017 12:25

Brasileirão de laço comprido começa com carro de R$ 60 mil como troféu

Paulo Nonato de Souza
Começaram neste sábado as disputas no Pista do Parque do Peão. Na quarta-feira entram em ação os melhores laçadores do Brasil (Foto: CLC/Divulgação)Começaram neste sábado as disputas no Pista do Parque do Peão. Na quarta-feira entram em ação os melhores laçadores do Brasil (Foto: CLC/Divulgação)

Começou neste sábado, 10, a disputa da quinta edição do Campeonato Brasileiro de Laço Comprido, na arena do Parque do Peão, na saída para o distrito de Rochedinho, em Campo Grande, considerada a maior do Brasil. De hoje até o dia 18, domingo da próxima semana, a competição vai reunir os melhores laçadores representando seleções de todos os estados.

A disputa de Ranchort abriu a programação. É um torneio que lembra o sistema de apartação de bois no curral, com competidores nas categorias Aberta, Amador e Fraldinha. “Abrimos as atividades às 7h da manhã e vamos seguir pelo dia todo e também à noite”, comentou Abeldes Junior, diretor de esportes do CLC (Circuito de Laço Comprido), responsável pela realização do evento.

Com várias competições paralelas, a grande expectativa gira em torno do Brasileirão que entrará em cena a partir de quarta-feira com os cinco melhores da modalidade em cada estado, e já no primeiro dia põe em disputa uma caminhonete S10 Zero Km avaliada em R$ 60 mil. “Vamos ter muitas emoções na pista do Parque do Peão”, prevê Abeldes Junior.

Área do Parque do Peão, em Campo Grande, considerado o maior palco de laço comprido do Brasil (Foto: CLC/Divulgação)Área do Parque do Peão, em Campo Grande, considerado o maior palco de laço comprido do Brasil (Foto: CLC/Divulgação)

Mato Grosso do Sul é o atual campeão brasileiro, por equipe, e será o estado a ser batido. A expectativa é de que terá grandes adversários na luta para tentar manter o título da competição que exige perfeita sintonia da parceria entre cavalo e laçador.

Com uma estrutura montada em 100 hectares, a 12 Km da área urbana de Campo Grande e à beira da rodovia MS-010, o Parque do Peão é considerado o principal palco coberto de laço comprido do Brasil.

O Laço Comprido - A prova é realizada em uma pista onde correm os laçadores e os bovinos, denominada cancha com um ponto demarcado chamado raia. O laçador deve arremessar seu laço antes de seu cavalo ultrapassar a marca de 100 metros. O competidor tem cerca de 30 metros para fechar a laçada em torno dos chifres do animal.

Laço comprido consiste em laçar o boi, que é solto à frente do competidor montado a cavalo. É conhecida com outros nomes como Tiro de Laço no Rio Grande do Sul, mas o nome mais popular é laço comprido. Desde o brete (compartimento que retém os cavalos) a competição já está valendo e o peão sendo avaliado.

O laçador deve segurar o cavalo no brete até a saída do boi. O cavalo não deve entrar antes. Se houver a saída antecipada do peão, há a penalização em dois pontos. Se a culpa for do cavalo, a punição chega a cinco pontos. Se o cavalo atropelar o boi também há punição, normalmente com a perda de 1 ponto.

A técnica da distância é um dos segredos do laço comprido, considerando que na primeira tentativa o boi já deve ser laçado nos dois chifres para não se soltar e evitar a perca de pontos. O peão deve manter a distância correta quando o boi estiver correndo. Pouco antes de laçar, o peão acelera e para logo em seguida para a laçada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions