A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/12/2013 17:21

Briga deixa 3 torcedores gravemente feridos e interrompe Atlético-PR e Vasco

Helton Verão
Briga aconteceu aos 17 minutos do primeiro tempo e deixou 3 feridos graves (Foto: Giuliano Gomes / Gazeta Press)Briga aconteceu aos 17 minutos do primeiro tempo e deixou 3 feridos graves (Foto: Giuliano Gomes / Gazeta Press)

O jogo Atlético-PR e Vasco, decisivo para a luta por vaga à Copa Libertadores e contra o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro, foi interrompido nos primeiros instantes do primeiro tempo em razão de uma briga generalizada entre as torcidas. Neste domingo, em Joinville, grupos dos dois times entraram em conflito nas arquibancadas aos 17min da etapa inicial. Três torcedores foram levados ao Hospital São José, sendo que um helicóptero precisou ser acionado para levar um ferido.

Depois de cerca de uma hora e dez minutos, a arbitragem decidiu por retomar o jogo.

Torcedores de dois lados correram pelo espaço vazio que havia entre os dois setores e começaram a trocar agressões. Um atleticano caiu desacordado e foi duramente espancado por rivais. Diante da violência nas arquibancadas, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro optou por interromper o jogo quando o placar indicava 1 a 0 a favor dos paranaenses - gol marcado por Paulo Baier em cobrança de falta em que quase houve desvio de Manoel.

Não havia policiais dentro da Arena Joinville no momento em que a briga teve início. Somente após alguns minutos que forças de segurança agiram e separaram os torcedores com tiros de borracha. 

“O evento é privado e está sendo feito por empresa privada, contratada pelo Atlético-PR. É uma decisão da Polícia Militar com o Ministério Público. Estamos fazendo nosso trabalho apenas na área externa”, disse Adilson Moreira, comandante da PM-SC, explicando a ausência de policiamento.

O Atlético-PR manda a partida pela última rodada do Brasileiro em Joinville justamente por conta de uma briga entre torcedores. O conflito ocorreu no clássico com o Coritiba na Vila Capanema, e por conta disso o time rubro-negro precisou jogar a mais de 100 km da capital paranaense.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions