A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/12/2013 20:53

Campeonato de skate retoma área esquecida da antiga rodoviária

Kleber Clajus
Competidores retomaram área esquecida e com piso bom para manobras de skate (Foto: Kleber Clajus)Competidores retomaram área esquecida e com piso bom para manobras de skate (Foto: Kleber Clajus)

Cerca de 100 skatistas participaram, neste domingo (22), da segunda edição do Best Trick Christmas, ou campeonato de skate natalino, na antiga rodoviária, em Campo Grande. O espaço da competição, destinado ao estacionamento de viaturas da Guarda Municipal, foi aberto a manobras incríveis e também tombos.

Para o vendedor e organizador do evento, Elio Ângelo da Costa, 23 anos, o evento teve por objetivo fortalecer a prática do esporte na Capital, contando ainda com premiação para os melhores com troféus, peças de skate, acessórios e roupas.

“A parceria com a Guarda nos possibilitou evoluir a cena do skate em um local esquecido, onde o piso liso de pedra favorece as manobras”, pontua Elio Ângelo.

O empresário Bruno Rocha, 21, anda de skate há 11 anos e veio de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, para participar do evento deste domingo. Para ele, é gratificante ver crianças e adolescente envolvidos com o esporte e faz questão de ressaltar que “skatista não é bandido”, mas um estilo de vida que também mobilizou competidores de Coxim, Corumbá, Sidrolândia e São Gabriel do Oeste.

E, mesmo que as meninas sejam quase raras, a estudante Nathália Matsumoto, 15 anos, garante que no um ano e três meses da prática do esporte pode perceber que os meninos acabam sendo parceiros ao ensinar manobras. “O evento deste domingo também é um incentivo para continuar andando de skate e temos que aproveitar”, comenta Nathália.

Para o responsável pela base da área central da Guarda Municipal, Thiago Souza, a cedência do estacionamento aos skatistas visa entrosar todos os setores da sociedade através de ações de incentivo ao esporte.

Tanto que a família de Gabriela Mugarte, 15 anos, fez questão de acompanhá-la de perto nas manobras. “Isso é importante porque além do exercício físico, o skate também possibilita a ela que se socialize”, diz orgulhosa a professora e mãe, Genilda Cardoso, 40 anos.

Por fim, o rap também não foi esquecido por Marcio Leite, 43 anos, ou Mano Xis com o é conhecido o vocalista do grupo Falange da Rima. “A garotada andando de skate procura a cultura, ao invés de vender droga”, filosofa Mano Xis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions