ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 12º

Esportes

Campo Grande Gravediggers preocupado com final em gramado sintético

Paulo Nonato de Souza | 10/07/2015 10:52

Motivação e confiança. Essas são as palavras de ordem no Campo Grande Gravediggers para a decisão do título da Super Copa São Paulo de Futebol Americano, contra o São Paulo Storm, neste domingo, às 13h (MS), na Arena Bradesco, em Osasco, na Grande São Paulo.

O time campo-grandense quer fazer jus ao rótulo de surpresa do campeonato. Entrou na competição como convidado da Federação de Futebol Americano do Estado de São Paulo e chegou na final ostentando uma invejável invencibilidade de sete vitórias em sete jogos.

Em entrevista há pouco ao Campo Grande News, o presidente do Campo Grande Gravediggers, Marcelo Batista, disse que a única preocupação está no fato de ter que jogar em um estádio com gramado sintético.

“Até hoje só jogamos uma vez em gramado sintético e a experiência não foi muito boa. Perdemos para o Santos, em Santos, por 35 a 7. Isso foi no ano passado”, afirmou.

Não consta na programação da final, mas o Campo Grande Gravediggers vai tentar realizar um treino de reconhecimento no campo da Arena Bradesco amanhã à tarde, apesar do desgaste da viagem de 15 horas desde Campo Grande. O time vai viajar de ônibus e embarca hoje às 22h com chegada a Osasco prevista para o meio da tarde deste sábado.

Se o treino de reconhecimento do gramado for autorizado pelos organizadores da Super Copa São Paulo, a comissão técnica terá condição de avaliar o nível de dificuldade de cada jogador. “Não tem como negar a diferença entre um campo de grama, onde está todo mundo acostumado, com um campo sintético”, disse Marcelo Batista.

Nos siga no Google Notícias