A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

22/05/2017 16:33

Com 68 equipes dos 27 estados, Série D é o verdadeiro campeonato brasileiro

Paulo Nonato de Souza
Os símbolos de cada time e seus grupos. O Comercial está no Grupo A10 e o Sete de Setembro no A11 (Foto: Divulgação)Os símbolos de cada time e seus grupos. O Comercial está no Grupo A10 e o Sete de Setembro no A11 (Foto: Divulgação)

A Série D é uma espécie de “patinho feio” das competições nacionais promovidas pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), mas de longe é o verdadeiro Campeonato Brasileiro. Diferente da Série A, por exemplo, que reúne 20 equipes de apenas oito estados, a Série D teve início do último final de semana com 68 equipes de 63 cidades espalhadas por todas as regiões, representando os 27 estados e o Distrito Federal.

Divididas em grupos de quatro equipes cada, as 68 equipes tem a seguinte procedência: São 14 clubes de 10 cidades da região Norte, 22 clubes de 22 cidades do Nordeste, 14 clubes de 13 cidades do Sudeste, 9 clubes de 7 cidades do Centro-Oeste, incluindo Campo Grande, com o Esporte Clube Comercial, e Dourados, com o Sete de Setembro, e 9 clubes de 9 cidades do Sul.

Só na primeira fase serão 204 jogos. Ao final da fase, 36 equipes estarão eliminadas e as 32 classificadas (17 primeiros colocados e 15 melhores segundos) seguem na disputa da segunda fase. A partir de então começa o sistema mata-mata com jogos de ida e volta. Quatro equipes sobem para a Série C de 2018.

O Brasileiro da Série A concentra equipes apenas de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia, Santa Catarina e Goiás, representando quatro regiões. São 11 clubes do Sudeste, cinco do Sul, três do Nordeste e um do Centro-Oeste, o Atlético Goianiense.

Também com 20 equipes, a Série D reúne representantes de 11 estados, mas com representatividade nas cinco regiões do País. São sete equipes da região Sul, quatro do Sudeste, uma do Norte, cinco do Nordeste e três do Centro-Oeste. Goiás e Vila Nova, de Goiás, e Luverdense, de Mato Grosso, são os representantes do Centro-Oeste.

Antes da adoção do sistema de pontos corridos e a divisão em séries, inicialmente Séries A,B e C, em 2003, o Campeonato Brasileiro tinha apenas uma divisão e reunia equipes de todos os estados. Fora os grandes clubes dos principais estados, como São Paulo, Rio, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, os campeões e vice dos demais estados tinham vaga garantida na competição.

A melhor campanha do futebol sul-mato-grossense na história do Campeonato Brasileiro foi com o Operário Futebol Clube na edição de 1977. O time campo-grandense ficou em terceiro lugar, atrás apenas do São Paulo, o campeão, e do Atlético Mineiro, o vice.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions