A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

16/12/2017 09:48

Com sede social, torcedores tentam manter viva a história do Operário

Evento terá feijoada e shows neste domingo às 11 horas no bairro Jardim Nashiville em Campo Grande

Paulo Nonato de Souza
Foi embora a força de um time vencedor, ficou a imagem, e torcida tenta manter viva a história do Operário Futebol Clube (Foto: Raul Rodrigues)Foi embora a força de um time vencedor, ficou a imagem, e torcida tenta manter viva a história do Operário Futebol Clube (Foto: Raul Rodrigues)

O Operário Futebol Clube não é mais nem a sombra do que era nas décadas de 1970 e 1980, quando encarava os grandes clubes do futebol brasileiro em condições de igualdade e até de superioridade, mas a imagem do clube parece cada vez mais forte entre torcedores que sequer viram o temido e respeitado time de Carlos Castilho jogar.

É o caso, por exemplo, do presidente da torcida “Esquadrão Operariano”, Ricardo Braga, que só nasceu 10 anos depois de o Operário ser terceiro colocado no Campeonato Brasileiro de 1977, atrás apenas do São Paulo, o campeão, e do Atlético Mineiro, vice.

“A gente faz o que pode para manter viva a história do Operário e chamar a atenção de possíveis investidores e patrocinadores que possam contribuir para o resgate da força que o clube já teve no passado”, disse Ricardo Braga, referindo-se a inauguração da sede social da “Esquadrão Operariano”, neste domingo, às 11 horas, na Rua Clélia dos Santos, 230, no Jardim Nashiville.

Painel do Memorial do Operário será apresentado neste domingo na inauguração da sede social da torcida Esquadrão Operariano (Foto: Divulgação)Painel do Memorial do Operário será apresentado neste domingo na inauguração da sede social da torcida "Esquadrão Operariano" (Foto: Divulgação)

Segundo ele, o evento de inauguração da sede social será marcado pela apresentação do Memorial do Operário, um painel com registros das principais conquistas e fotos de jogadores que marcaram época no clube.

“Vamos ter uma feijoada embalada por vários shows musicais, e parte da renda será destinada para a festa de Natal das crianças do Jardim Nashiville”, afirmou Ricardo Braga.

Histórico - O Operário Futebol Clube, de Campo Grande, já foi referência do futebol na região Centro-Oeste, e principal meio de divulgação e promoção de Mato Grosso do Sul em nível nacional e internacional.

Com dez títulos estaduais, um nacional (a conquista do Campeonato Brasileiro Modulo Branco, equivalente a Série B, em 1987), e dois em torneios internacionais na Rússia, em 1973, na Coréia do Sul, em 1982, é o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de 1977 o feito mais celebrado pelo clube e por seus torcedores de ontem e de hoje.

Fora da divisão principal do Campeonato Brasileiro desde 1986, e até mesmo da Série D, a quarta divisão, o time não conquista um título sul-mato-grossense há 20 anos. A última conquista foi no Campeonato Estadual de 1997. Este ano, chegou bem perto e acabou eliminado pelo Corumbaense na fase semifinal. Com melhor campanha, jogava por dois resultados iguais, venceu o jogo de ida em Corumbá por 1 a 0, mas perdeu a partida de volta em Campo Grande por 3 a 1.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions