A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

30/06/2017 14:37

Comercial está a três passos do acesso para a Série C do Brasileirão

Paulo Nonato de Souza
O Comercial, de vermelho, vai pegar um velho conhecido, o Ceilândia do Distrito Federal (Foto: Arquivo)O Comercial, de vermelho, vai pegar um velho conhecido, o Ceilândia do Distrito Federal (Foto: Arquivo)

Único time sul-mato-grossense ainda vivo na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro 2017, o Esporte Clube Comercial vive a difícil realidade da falta de patrocinador privado e de apoio do poder público.

No caminho para o objetivo, que é o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro, o Comercial tem a segunda fase com 32 clubes, depois as oitavas de final (16 clubes) e as quartas de final (8 clubes). Isso, considerando que, uma vez classificado entre os quatro semifinalistas, já estará na Série C de 2018, um feito inédito para Mato Grosso do Sul e uma maior projeção para o futebol local. Mesmo assim, fora de campo a diretoria do clube tenta juntar recursos para pagar a folha salarial de jogadores e funcionários referente ao mês de maio.

O drama financeiro do clube veio à tona nesta última quinta-feira, 29, por meio de denúncia de um grupo de esposas de jogadores, que alegam dois meses de atraso, enquanto a diretoria garante que deve a folha do mês de maio com vencimento dia 10 de junho.

Isso às vésperas da estreia do Comercial na fase de mata-mata da competição nacional, que não será mais contra o América de Natal, e sim diante do Ceilândia, do Distrito Federal, dia 9 deste mês, no Estádio Morenão, em Campo Grande.

Com a saída do São Raimundo (PA) da competição, punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por ter escalado um jogador em situação irregular na vitória de 1 a 0 diante do Baré, de Roraima, na primeira fase, houve uma mexida no mata-mata e o Comercial irá encarar seu velho conhecido Ceilândia.

Tecnicamente a mudança pode ser interessante para o Comercial, considerando que o América de Natal é um dos favoritos ao título do campeonato e fez a melhor campanha da primeira fase entre os 68 clubes participantes. Já o Ceilândia foi adversário do Comercial em dois confrontos da primeira fase. O time campo-grandense perdeu de 3 a 1 no Estádio Morenão, e venceu de 1 a 0 no Distrito Federal.

Com mudança na tabela, Comercial volta a encarar o Ceilândia na Série D
Sai o América de Natal e entra o novamente o Ceilândia, do Distrito Federal, no caminho do Esporte Clube Comercial, agora na fase de mata-mata da Sér...
Atraso de salário no Comercial é de 19 dias, não dois meses, diz dirigente
O presidente do Comercial de Campo Grande, Valter Magrini, afirmou na tarde desta quinta-feira, 29, que o atraso de salário dos jogadores completa ho...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions