A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/02/2016 15:59

Corrida internacional de aventura quer difundir esporte e preservar natureza

Thiago de Souza
Orientação será uma das modalidades da Corrida de Aventura em Costa Rica. (Foto: Divulgação)Orientação será uma das modalidades da Corrida de Aventura em Costa Rica. (Foto: Divulgação)

Costa Rica, cidade a 268 quilômetros de Campo Grande, vai sediar a 2ª Copa América de Corrida de Aventura, do dia 21 a 24 de abril. A competição reúne as melhores equipes das américas, estimada em 156 atletas. O objetivo maior do evento é dar visibilidade a corrida de aventura e levantar a bandeira da preservação ambiental.

Conforme o presidente CBCA (Confederação Brasileira de Corrida de Aventura) e diretor-geral da 2ª Copa América de Corrida de Aventura, Mauricio Santi, a realização da edição de 2016 em Costa Rica é uma forma de divulgação do esporte de aventura no Brasil e no Mato Grosso do Sul, explorando assim o eco turismo.

Outro fator importante do evento, segundo os realizadores, serão as ações ecossociais de atletas e organizadores, que vão plantar mudas de árvores no Parque Ecológico Vilibaldo Rodrigues Barbosa, o 'Vilibaldo', visando o reflorestamento do local com árvores nativas.

O Esporte

A Corrida de Aventura é um esporte que envolve diversas modalidades esportivas como: Natação, Mountain Biking, Orientação com Bússola, Canoagem, Trekking, Running, Raffting, Escalada, Rappel, Cavalgada, Travessias de Rios, Costeiras e outros.

Essas modalidades se revezam para cumprir um determinado percurso de aproximadamente 200 km. Além de muito preparo físico razoável, os competidores necessitam de estratégia e de um exemplar trabalho em equipe para completar a prova.

Os percursos passam por locais hostis ainda não explorados. Contemplam áreas urbanas e exploram regiões rurais, promovendo o agro e ecoturismo. O maior objetivo é alcançar a maior integração possível com a natureza.

As equipes navegam por cartas cartográficas com pontos de passagem obrigatórios, elas tem liberdade para escolher o trajeto, salvo os exigidos pela organização. O PC – Ponto de Controle – registrará a passagem da equipe e horário. Ganha a prova, a equipe que terminar primeiro todo o percurso, tendo passado em todos os pontos obrigatórios e não tenha infringido nenhum item do regulamento.

A Corrida de Aventura vem se transformando em potência nacional com geração de atletas de alto rendimento. A CBCA busca a popularização e desmistificação do esporte para que pessoas “de todos os tipos” possam participar da competição.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions