A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

21/02/2016 18:51

Corumbaense se recupera e vence Sete de Dourados fora de casa

Thiago de Souza
Time do Corumbaense que enfrentou o Sete de Dourados. (Foto: Gazeta MS)Time do Corumbaense que enfrentou o Sete de Dourados. (Foto: Gazeta MS)

O Corumbaense,  time do técnico Gilmar Calonga, recuperou os três pontos após a derrota para o Águia Negra, na estreia do Campeonato Estadual, ao vencer o Sete de Dourados, no Estádio Douradão, por 2 a 0, no duelo entre dois dos favoritos para estar entre os finalistas da competição. Kéverson e Jhony marcaram os gols no segundo tempo, depois do time suportar a pressão do adversário no primeiro, com diversas chances desperdiçadas que poderiam até mudar a história da partida.

Empurrado pela torcida no primeiro tempo, o Sete poderia até ter tido melhor sorte no jogo se o atacante Leandrinho tivesse aproveitado as oportunidades que teve. A primeira logo aos cinco minutos ao ficar de frente com o goleiro Alisson e tentar o gol por cobertura, mas pegou forte na bola e jogou por cima do gol vazio. Aos 16, nova chance para o atacante em jogada de contra-ataque bem trabalhada e mais uma vez Leandrinho errou o alvo batendo a esquerda do goleiro.

O Corumbaense assustava Filipe apenas um chutes de longa distância e jogadas de bola parada e, numa falta pela direita, a bola chegou até Buru na linha da pequena área, mas o volante foi travado na hora da conclusão e a bola sobrou limpa para o goleiro. No minuto seguinte, o Sete voltou ao ataque em bela jogada do lateral Renato pela direita.

Depois de se livrar da marcação, ele cruzou para Altino, de voleio, bater para fora. Aos 29, foi a vez de Elton, do Carijó, tentar encobrir Filipe, mas a bola correu toda extensão do gol e foi para fora. No fim da etapa, o Corumbaense teve mais duas chances de marcar, a primeira em contra-ataque com Jhony que parou em Filipe e, no último lance, cobrança de falta da esquerda que Eduardo Arroz tentou o desvio e quase marca contra ao acertar o travessão.

O segundo tempo começou com uma chance de abrir o placar para cada lado, mas a disposição do Sete caiu e o técnico Gilmar Calonga se aproveitou disso para orientar o time em busca dos contra-ataques. Alex faria, do Sete, até teve chance aos 12 minutos, mas o bom goleiro Alisson estava atento para defender.

Depois disso, o Corumbaense tomou conta da partida e abriu o placar aos 23 minutos. Jhony recebeu na esquerda, teve tempo para se livrar do marcador e bater cruzado. A bola passou entre a zaga e o goleiro Filipe e sobrou livre para Kéverson apenas escorar para o gol.

Para piorar a situação do Sete, o meia Thiaguinho levou o segundo amarelo aos 30 minutos e deixou o time com dez jogadores. Com mais espaço, o Corumbaense encaixou mais um contra-ataque no minuto seguinte e Jhony ficou livre para passar por Filipe e marcar o gol que definiu o placar do jogo e Elton ainda poderia ter aumentado em duas oportunidades aos 42 e 45 minutos, mas não teve precisão na finalização e nem o Sete forças para reagir.

O resultado dá tranquilidade ao Corumbaense que recebe o Ivinhema na quarta-feira, às 20h15, no Arthur Marinho pela terceira rodada e joga pressão extra ao Sete. Com uma partida a menos que os demais adversários, encara na sequência e fora de casa, o Águia Negra, quarta, às 20h45, e o Naviraiense, sábado, às 20h.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions