ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 27º

Esportes

De amadores a olímpicos, pacote de R$ 120 milhões vai segurar bons atletas em MS

Para governador, recursos vão incentivar o setor e potencializar a atuação de Mato Grosso do Sul

Por Lucia Morel, Jheferson Gamarra e Adriel Mattos | 19/10/2021 17:59
Arena de Futebol Society foi inaugurada hoje em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)
Arena de Futebol Society foi inaugurada hoje em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)

Os investimentos de R$ 120 milhões do Governo de Mato Grosso do Sul no esporte vão garantir R$ 9,1 milhões na reforma do Estádio Morenão, a construção de piscina olímpica no Parque Ayrton Senna, em Campo Grande, dois Centros de Excelência em Atletismo nas cidades de Ponta Porã e Chapadão do Sul e, ainda, 117 arenas de futebol society em todos os 79 municípios.

No pacotão do “MS +Esporte”, o governo também incluiu apoio financeiro aos times de futebol sul-mato-grossenses para os campeonatos brasileiro e estadual, além de convênio com a FLC (Federação de Laço Comprido) e a realização da Liga das Nações 2022 (Mundial de Vôlei).

Eventos esportivos também estão entre os que receberão incentivos, como o Pantanal Extremo em Corumbá; do Brasil Ride 2022 em Bonito; Campeonato Brasileiro de Motocross em Três Lagoas e os Campeonatos Brasileiros de Paracanoagem e de Ginástica, ambos em Campo Grande.

Para o presidente da Fundesporte (Fundação Estadual do Esporte), Marcelo Miranda, os investimentos vão além da infraestrutura e chegarão até as federações e aos atletas. “Há preocupação com os atletas olímpicos, que são verdadeiros heróis, há ajuda às federações e clubes, compra e aquisição de materiais esportivos e a formação de novos atletas. Ou seja, engloba o esporte em todas as suas dimensões”.

(Arte: Henrique Lucas)
(Arte: Henrique Lucas)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ressaltou que a gama de investimentos vai potencializar a atuação esportiva do Estado e reforçou, principalmente, a criação do Bolsa MS Olímpico, que vai garantir pagamento de R$ 7 mil a medalhistas e seus técnicos, “segurando os bons atletas olímpicos aqui em MS”. A bolsa será paga até a próxima Olimpíada em Paris, em 2024.

O que dizem os atletas – "Parece que estou vivendo um sonho. Tenho muito orgulho de representar o Estado. Sempre que estamos em competições oficiais, falamos sobre os investimentos no Mato Grosso do Sul. Isso dá muito mais gás para gente continuar disputando em alto nível", disse o maratonista e medalhista paralímpico, Yeltsin Jacques.

Também medalhista paralímpico, mas na Canoagem, Fernando Rufino, afirmou que tem “orgulho de falar que somos do Mato Grosso do Sul e do Bolsa Atleta, que é um passo importante e exemplo para todo País. Se Deus quiser vamos conseguir repetir esse feito. Com esses incentivos, vamos seguir na luta, treinando forte. Paris é logo ali", comemorou também.

Governador Reinaldo Azambuja inaugurando a arena. (Foto: Kísie Ainoã)
Governador Reinaldo Azambuja inaugurando a arena. (Foto: Kísie Ainoã)

Iniciativa coloca MS no mapa esportivo – Pelo vice-presidente da Confederação Nacional de Vôlei, Radamés Lattari, os elogios são imensos. “Campo Grande tem tudo para entrar no cenário nacional e internacional de competições esportivas, como foi em outras épocas. Conheci as estruturas e os investimentos que estão sendo feitos pelo governo e eles são essenciais para o incentivo de novos atletas e crescimento do esporte”.

Segundo o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), com os incentivos, o vôlei tem tudo para subir da série C para a B, com a ajuda de R$ 500 mil para a equipe da Copagaz e ressaltou que além da quadra sintética de futebol society inaugurada hoje no Parque Tarsila do Amaral, outras sete estão previstas para a Capital.

Interior beneficiado – Pelas cidades do interior, o presidente da Assomasul (Associação de Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Nioaque, Valdir Couto Junior (PSDB), falou da importância do projeto para a retomada. "Mais de 80% dos municípios do nosso Estado não têm um campo de futebol society. É um grande investimento para todos nós".

Por fim, Gerson Claro, deputado estadual do PP, avaliou que "toda a população será beneficiada e nosso Estado entra no circuito dos grandes eventos esportivos nacionais e até mesmo internacionais em algumas modalidades. Toda essa estrutura lançada hoje demonstra a preocupação do Governo com esse tipo de investimento público, que é sinônimo de saúde e sem dúvidas transforma vidas".

Ele é membro da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário