A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/05/2013 21:35

De virada, Atlético faz 2 a 1 no São Paulo e leva vantagem para MG

Nyelder Rodrigues
Enquanto Ronaldinho comemora gol em vitória, Ganso leva bola para saída de jogo do São Paulo (Nelson Almeida/AFP)Enquanto Ronaldinho comemora gol em vitória, Ganso leva bola para saída de jogo do São Paulo (Nelson Almeida/AFP)

O Atlético Mineiro saiu na frente do São Paulo pela disputa da vaga nas quartas-de-final da Copa Libertadores deste ano, ao vencer por 2 a 1 o tricolor paulista, no Morumbi, de virada.

A partida que já trazia grande expectativa por ser um duelo entre brasileiros nas oitavas-de-final, foi apimentado pelas declarações de Ronaldinho dado semanas antes.

Ainda pela fase de grupos, quando o São Paulo venceu o Atlético por 2 a 0 no Morumbi, o camisa 10 do Galo afirmou que o jogo tinha sido apenas uma brincadeira, o que irritou alguns tricolores, que prometem vencer o duelo do mata-mata.

Mas não foi isso o que aconteceu hoje. Os donos da casa até começaram melhor a partida e abriram o placar com apenas oito minutos de bola rolando. Em jogada rápida na direita, Ganso recebeu a bola na área e tocou para o companheiro Jadson, que chutou no canto esquerdo.

O São Paulo foi superior até metade do primeiro tempo. O grande baque aconteceu aos 33 minutos, quando o experiente zagueiro Lúcio foi expulso ao fazer falta dura em Bernard e receber o segundo amarelo na partida, sendo expulso.

Com um a menos, o São Paulo abriu espaços para o Atlético crescer no jogo e empatar o jogo aos 41 minutos. Em cobrança de escanteio, Rhodolfo e Rogério não se entenderam e a bola foi de encontro à Ronaldinho Gaúcho, que cabeceou para o fundo das redes.

Já no segundo tempo, a situação foi diferente, e o Galo mineiro dominou as ações em campo, conseguindo virar o placar do jogo aos 14 minutos. Marcos Rocha lançou a bola para o atacante Diego Tardelli, que dentro da área tricolor e marcado de perto, conseguiu chegar à bola e chutar para vencer Rogério Ceni.

A partir daí, o Atlético só controlou o jogo até o fim, sem muitas dificuldades e ainda criando algumas chances. O São Paulo conseguiu com alguns contra-ataques levar algum perigo, mas não concretizou nenhuma dessas oportunidades.

Um fato curioso durante o jogo foram as substituições. Aos 10 minutos, o atacante Aloísio se machucou, e precisou ser substituído por Ademilson. Mas aos 36, por causa da expulsão de Lúcio e algumas chances de gol perdidas, foi substituído por Rhodolfo. Já aos 26 do segundo tempo, Rhodolfo se lesionou, e deu lugar para a entrada de Douglas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions