A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

04/07/2012 18:24

Decisão da Libertadores cria clima de Copa Mundo entre corintianos e rivais

Gabriel Neris

Torcedores ainda buscam fogos e camisas para assistir a partida na noite desta quarta-feira.

Estrutura estava sendo montada na Praça do Rádio Clube (Foto: Simão Nogueira)Estrutura estava sendo montada na Praça do Rádio Clube (Foto: Simão Nogueira)

Quem anda pelas ruas de Campo Grande nesta quarta-feira (4) notou um clima diferente. Não se fala em outra coisa que não seja a final da Taça Libertadores da América entre Corinthians e Boca Juniors. A partida será no estádio do Pacaembu, em São Paulo, às 21h (horário de MS).

Mesmo longe do local da final, o assunto “Libertadores” é unanimidade. Corintianos e torcedores rivais deram ar de Copa do Mundo para a partida. Exemplo disso é a venda de fogos e similares.

De acordo com o vendedor Policarpo Matias de Lima, de 77 anos, desde a última segunda-feira o número de fogos comercializados aumentou em 80% apenas para o jogo do Corinthians. “A venda normal para os meses de julho e julho é de 40%. Corintiano é louco”, brinca Policarpo.

Torcedores fardados, cobertos com bandeira do Corinthians, uniformizados, até aqueles com uniforme de serviço aproveitaram para dar uma fugida do trabalho e garantir o foguetório.

“Teve um cara que veio comprar fogos três vezes. Ele foi, voltou, foi e voltou. Já não sei mais o que ele queria”, comenta.

Nas lojas esportivas, o aumento de vendas relacionadas ao Corinthians foi considerável. Segundo Reginaldo Pinheiro, diretor de estabelecimento no Centro de Campo Grande, as vendas aumentaram em mais de 100% desde o primeiro jogo da final. “Em três dias vendemos o que se vende no mês inteiro só de camisas e bandeiras do Corinthians”, revela.

Pinheiro conta que a procura pelas camisas do Boca Juniors também foi grande, mas a venda foi limitada. “Tínhamos somente seis peças que acabaram antes do outro jogo”, conclui.

Torcedor procura camisa do Corinthians para assistir decisão uniformizado (Foto: Simão Nogueira)Torcedor procura camisa do Corinthians para assistir decisão uniformizado (Foto: Simão Nogueira)

Pela rua, bandeiras tremulam nos carros. Na avenida Afonso Pena, estava Roberto Armelindo Flores, de 34 anos. No carro, duas bandeiras do Corinthians, a esposa e os três filhos completamente uniformizados. “Vai ser 3 a 0 Corinthians com dois gols de Sheik e Paulinho”, apostou.

Eram 17h20, e a família já havia entrado no veículo para assistir a partida na Praça do Rádio Clube. No local, o palco para o show de pagode e o telão LED de 6m x 4m eram montados. De acordo com a organização, 270 pessoas estarão trabalhando entre Polícia Militar, Guarda Municipal, segurança privada, Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e CIPTRAN (Companhia Independente de Trânsito).

Tendas da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) foram montadas para fazer os primeiros socorros nos torcedores que passarem mal. Três viaturas do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estarão à disposição.

A expectativa é que três mil pessoas acompanhem a partida na praça. Durante a partida, cerca de 300 torcedores da organizada Pavilhão Nove vão aumentar o coro da torcida corintiana.



da-lhe boca, da-lhe boca, morram de infarte seus gambas, boca 2 a 0
 
jose teixeira em 04/07/2012 07:42:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions