A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/10/2014 15:01

Estragos deixados por vendaval “aumentam” problemas em estádio da Capital

Michel Faustino
Vendaval ocasionou diversos estragos na estrutura do estádio. (Foto: Alcides Neto)Vendaval ocasionou diversos estragos na estrutura do estádio. (Foto: Alcides Neto)
Com a força dos ventos, parte da arquibancada coberta desabou. (Foto: Alcides Neto)Com a força dos ventos, parte da arquibancada coberta desabou. (Foto: Alcides Neto)

Os estragos deixados por um vendaval que atingiu diversos pontos da região Sul de Campo Grande, na quinta-feira (23), “aumentou” os problemas do estádio Jacques da Luz, na Moreninha ll. Já não bastasse o estádio estar “interditado” e não poder receber competições profissionais por problemas na estrutura de uma das arquibancadas, o incidente trouxe mais prejuízos que podem até prejudicar o calendário do próximo ano.

Durante a ventania uma das coberturas da arquibancada foi totalmente destruída, pilastras de concreto e toda a cobertura de zinco foi arrancada do lugar. Parte do telhado chegou a voar para longe, a vários metros do estádio.

O local foi interditado por funcionários do espaço e uma sala, que fica no ginásio ao lado do estádio também foi atingida depois que o forro cedeu e um cano estourou.

De acordo com o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), José Eduardo Amâncio da Mota, o madrugada, os prejuízos causados pelo vendaval ainda serão levantados por uma equipe da prefeitura. Segundo ele, infelizmente, o problema que era considerado “pequeno”, foi agravado.

“Encaminhamos para a secretaria de obras fazer a avaliação do que precisa ser feito. Mas, infelizmente, o estrago não foi pequeno. A arquibancada, por exemplo, que precisaríamos somente reformar, agora, está toda no chão”, disse.

Mesmo com todos os esforços para recuperar os prejuízos, Madrugada diz que dificilmente a reestruturação do estádio ficará pronta este ano, e ainda podendo se estender para os primeiros meses de 2015.

“Não temos previsão de quando podemos mexer nisso. Até porque estamos limitados pela questão financeira do município. O estádio que era uma das opções para o Estadual Série A do ano que vem, agora passa ser duvida, ao menos para os primeiros meses”, ponderou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions