A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/10/2013 18:29

FFMS "lava as mãos" e Corinthians deve perder mando de até 10 jogos

Helton Verão
Garrafa atingiu o bandeira Bruno aos 8 minutos do segundo tempo, logo após o gol anulado de Alexandre Pato (Foto: Cleber Gellio)Garrafa atingiu o bandeira Bruno aos 8 minutos do segundo tempo, logo após o gol anulado de Alexandre Pato (Foto: Cleber Gellio)

A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) decidiu "lavar as mãos" e não enviou nenhuma justificativa à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) hoje (02) sobre a garrafa atirada, que atingiu o bandeirinha Bruno Salgado Rizo, no último domingo, no Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, na partida Portuguesa e Corinthians, válida pelo Campeonato Brasileiro da Série A. A decisão pode levar o timão a perder o mando de até 10 jogos pelo torneio nacional.

A entidade tinha até 72 horas (a contar da realização da partida), para enviar um boletim de ocorrência e até se mobilizou para identificar o autor, mas após negativa da Polícia Militar e da Pavilhão Nove de Mato Grosso do Sul sobre um responsável, o vice presidente Marco Antônio Tavares desistiu de “defender” o caso.

“Tínhamos um acordo com a torcida que eles iriam apresentar o rapaz, porque diziam saber quem era. Mas depois eles negaram isso a vocês (Campo Grande News) e soltaram uma nota que não havia conversa nenhuma com a gente, agora deixa eles serem punidos”, conta Tavares.

O vice-presidente se refere a declaração do presidente da Pavilhão Nove-MS, Ton de Almeida que ontem afirmou não saber quem atirou a garrafa e mais tarde divulgou nota em uma rede social, negando o acordo com os dirigentes da FFMS.

Tavares chegou afirmar que dois torcedores haviam sido retidos no momento da agressão, mas o comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Kleber Haddad, não confirmou a situação e que ninguém foi detido no domingo. Existia a suspeita da garrafa ter partido de onde estava a Gaviões da Fiel, do estado de São Paulo.

Com isso, o Corinthians, que já foi punido com quatro jogos fora de São Paulo, pode perder o mando de mais dez. Assim, o clube não atuaria no Pacaembu mais este ano.

A garrafa plástica atingiu a cabeça do bandeirinha Rizo, que comunicou o árbitro Raphael Claus. O fato foi mencionado na súmula. "Foi atirada uma garrafa plástica de água contendo líquido em seu interior, atingindo a cabeça do árbitro assistente nº 2. A mesma foi atirada do local onde se encontrava a torcida do S.C. Corinthians Paulista. Informo que o Assistente não necessitou de atendimento médico", escreveu Claus.

De acordo com o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), a pena por "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo" varia de R$ 100 a R$ 100 mil, além da perda de um a dez jogos de mando.

A equipe também foi punida na Copa do Brasil, por conta dos torcedores que usaram sinalizadores no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, no jogo de ida contra o Luverdense. A perda de dois mandos poderá fazer com que o Corinthians jogue uma eventual final longe de São Paulo.



Sabe o que me espanta? Fui ao jogo, com minha familia (esposa e filha), levamos conosco uma garrafa pet de 02 litros de d'agua, e na entrada não foi permtida a entrada de tal, por uma policial militar, sob a alegação que não podia entrar garrafas. E durante o jogo, só foram vendidos copos d'agua. De repente no segundo tempo de jogo, surgiram varias, mas varias garrafas e sumiram os copos. Daí minhas perguntas: "Será que é só culpa da torcida? De onde surgiram taís garrafas? Será que a administração do evento, ou do estadio, e ou seguranças não fiscalizaram direito? Concordo com o Gabriel, tem de haver punição mesmo, mas tambem tem de haver mais organização da parte da federação ou de quem quer que faça tais eventos.
 
Antonio Carlos Martins em 03/10/2013 11:24:38
Bem feito aos corintianos...povo mal educado....tem que se ferrar mesmo..pq aqui no MS não tem bixo..
esse povo vem la de SP pra fazer algazarra aqui...
ja não bastar ter ficar preso na Bolivia, onde vai tem que acabar com a imagem do futebol??
que falta de etica e moral é essa??
vamos ser mais civilizados ne corintianos...
 
wladimir candia em 03/10/2013 09:02:03
Não é à toa que perdemos a Copa para Cuiabá!! Povo mal educado!
 
Luciano Machado em 03/10/2013 08:48:28
FFMS, o que é isso ?
Só tem pessoas que não sabe nada de futebol, e ainda estraga tudo que espetáculo que vem até nossa cidade, começando pelo esse tal de CESÁRIO!
 
Anderson Silva em 03/10/2013 07:17:40
Depois a torcida corinthiana afirma que os outros torcedores têm preconceito contra o time paulista. Nem precisa, os torcedores sem cérebro do Corinthians fazem essa parte. Isso não é ser torcedor, é ser marginal.............
 
paulo roberto em 02/10/2013 22:51:54
Eu acho é pouco ! Povo ignorante, reclama que não tem jogos na cidade, e quando tem, fazem uma presepada dessas ! Tem mais é que ser punido mesmo ! Afinal, lugar de animal é na floresta, e não dentro de um estádio ;)
 
Gabriel Santos em 02/10/2013 20:16:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions