A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

13/10/2019 20:38

Grêmio goleia por 4 a 1; resultado derruba técnico do Atlético-MG

Derrota mineira no Independência levou à demissão do técnico Rodrigo Santana; em SC, Chapecoense e Cruzeiro só empatam

Humberto Marques
Jogadores do Grêmio comemoram gol em vitória por 4 a 1 sobre o Galo-MG em Belo Horizonte. (Foto: Grêmio FBPA/Divulgação)Jogadores do Grêmio comemoram gol em vitória por 4 a 1 sobre o Galo-MG em Belo Horizonte. (Foto: Grêmio FBPA/Divulgação)

O Grêmio manteve o bom retrospecto no Independência, em Belo Horizonte (MG), e atropelou o Atlético-MG na noite deste domingo (13) pelo placar de 4 a 1. O resultado colocou o Tricolor gaúcho entre os seis primeiros colocados no Campeonato Brasileiro –com 41 pontos, está na sexta posição, que lhe garantiria na Pré-Libertadores do ano que vem caso o torneio terminasse hoje– e, do lado do Galo Mineiro, resultou na demissão do técnico Rodrigo Santana, que entrega o cargo com o time na 11ª posição da tabela, com 31 ponto.

O Atlético começou a partida dando pinta de que seria um páreo duro, dando trabalho ao goleiro Paulo Victor. Porém, foi o Grêmio quem abriu o placar com Rafael Galhardo aos 33min, em um lance inusitado: de carrinho, ele acabou cruzando para evitar a saída de bola, que enganou Wilson e foi para as redes. Dez minutos depois, Cortez sofreu pênalti na área, convertido por Maicon.

Antes do intervalo, aos 47min, outro pênalti, agora para o time da casa e flagrado no VAR. Luan sofreu puxão de Galhardo na área e, na cobrança, Di Santo Diminui.

Na etapa final, o Grêmio acelerou para resolver a partida. Logo no primeiro minuto, Pepê tabelou com André e deu um toquinho para encobrir o goleiro Wilson. O Galo ainda perdeu Cazares, depois de entrada forte em Luan também notada pelo árbitro eletrônico, e viu Alisson chutar contra as metas na área –a bola resvalou em Réver antes de entrar.

Na quarta-feira (16), o Grêmio recebe o Bahia na Arena Grêmio, enquanto o Galo visita o CSA em Maceió (AL).

Parte baixa – Fechando a 25ª rodada do Brasileirão, Chapecoense e Cruzeiro brigaram entre si para tentar fugir da zona do rebaixamento. Porém, o empate em 1 a 1 na Arena Condá, em Chapecó (SC), em nada ajuda as pretensões das duas equipes em permanecerem na primeira divisão nacional no ano que vem.

O time da casa arrancou o empate aos 49min do segundo tempo, em um gol de Camilo que evitou o pior para a Chape, e manteve os nervos à flor da pele na Raposa –que havia marcado logo no início do jogo, com Dedé aproveitando toque de Fred em cobrança de escanteio.

O placar representa o oitavo jogo do Cruzeiro sem vitória, e o décimo para a Chapecoense. O time mineiro é o 18º na tabela, com 22 pontos –três a menos que o CSA e quatro abaixo do Ceará, 16º e primeiro fora da zona de degola. A Chape segue na lanterna, com 16 pontos. O Celeste Mineiro encara o São Paulo na quarta-feira em Belo Horizonte, enquanto os catarinenses visitam o Palmeiras no mesmo dia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions