A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Julho de 2018

12/12/2017 17:33

Gremista diz que classificação para final do Mundial foi teste pra cardíaco

Paulo Nonato de Souza
Comemoração discreta de gremista na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, logo após a conquista da vaga na final do Mundial (Foto: Marcos Ermínio)Comemoração discreta de gremista na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, logo após a conquista da vaga na final do Mundial (Foto: Marcos Ermínio)

Foi um teste para cardíaco, disse o empresário campo-grandense Roberto Rech, que viu do Estádio Hazza Bin Zayed, na cidade de Al Ain, nos Emirados Árabes, nesta terça-feira (12), a vitória do Grêmio diante do Pachuca do México, por 1 a 0, que valeu a classificação para a final do Mundial Interclubes.

Foram necessários 96 minutos de jogo, fora os acréscimos, para que o Grêmio abrisse o placar. Depois de um empate por 0 a 0 no tempo normal, o time gaúcho chegou ao gol aos 6 minurtos da prorrogação, e foi um golaço do atacante Everton, que tinha acabado de entrar no lugar do volante Michel. Ele bateu forte de perna direita, a bola fez uma curva no ar e entrou no canto esquerdo do goleiro mexicano.

Torcedoras do clube gaúcho ensaiam uma festa na porta do estádio nos Emirados Árabes (Foto: Roberto Rech)Torcedoras do clube gaúcho ensaiam uma festa na porta do estádio nos Emirados Árabes (Foto: Roberto Rech)

“Foi muito sofrido. Ver o jogo do estádio, ao vivo, penso que é pior do que assistir pela televisão”, disse Rech, que esteve em todos os jogos decisivos do Grêmio na Libertadores, inclusive na decisão do título diante do Lanús, em Buenos Aires.

Mas o jogo foi sofrido também para os gremistas que assistiram pela televisão. Disputado em dia normal de trabalho, em Campo Grande a comemoração pela classificação foi discreta. Poucos torcedores foram às ruas.

Segundo Rech, o Grêmio não fez uma boa partida, o jogo não encaixou, mas houve muita entrega em campo. “Melhorou na prorrogação com a entrada do Léo Moura e o nosso talismã Everton decidiu mais uma vez em uma jogada manjada que os mexicanos não conheciam”, destacou ele.

Agora o Grêmio aguarda o vencedor da outra semifinal entre Real Madrid e Al-Jazira, dos Emirados Árabes, nesta quarta-feira. A grande final será no próximo sábado, às 14 horas (horário de Mato Grosso do Sul).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions