ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 21º

Esportes

Inter quebra tabu e com virada no fim bate o Grêmio no clássico

Grêmio vinha de longa sequência de vitórias contra o maior rival, que hoje quebrou o tabu e saiu vencedor

Por Nyelder Rodrigues | 24/01/2021 18:00
Abel Hernandéz comemorando o gol do empate sobre o Grêmio (Foto: Pedro H. Tesch/AGIF)
Abel Hernandéz comemorando o gol do empate sobre o Grêmio (Foto: Pedro H. Tesch/AGIF)

O clássico gaúcho entre Grêmio e Internacional foi intenso do início ao fim. Disputado no estádio Beira-Rio, o tricolor saiu na frente fora de casa com Jean Pyerre, mas o colorado aproveitou a chance de disparar na liderança e conseguiu a virada com gols de Abel Hernández e Edenílson já no final do segundo tempo.

Com o resultado, o Inter segue firme na liderança da Série A, agora com 60 pontos. O Grêmio, com 51, aparece na sexta posição. O Gre-Nal começou sem muitas emoções. Aos dois minutos, os donos da casa chegaram com perigo em chute forte de Praxedes.

Vanderlei foi bem e espalmou a bola. Depois, o Grêmio até teve a posse de bola, mas não foi criativo para tentar abrir o placar. O colorado, esperando os contra-ataques para sair em velocidade, teve a melhor oportunidade já na marca dos 34.

Yuri Alberto finalizou de dentro da área e mandou a bola no travessão. Trocando passes nos instantes finais, as equipes mantiveram o equilíbrio e foram para o intervalo sem balançar as redes na capital gaúcha, Porto Alegre.

Edenilson marcou o gol da virada e vitória colorada (Foto: Pedro H. Tesch/AGIF)
Edenilson marcou o gol da virada e vitória colorada (Foto: Pedro H. Tesch/AGIF)

O ritmo no segundo tempo ficou mais movimentado, com as duas equipes se lançando mais ao ataque. Do lado do Inter, Peglow e Edenílson levaram perigo nos primeiros minutos. Já o Grêmio, que passou a ficar mais com a posse de bola, teve chances com Lucas Silva e Diego Souza, que não conseguiram abrir o marcador.

Contudo, o tricolor seguiu mais ofensivo e, aos 30 minutos, abriu o placar no clássico. Após saída errada de Lucas Ribeiro, Diogo Barbosa saiu em velocidade para o ataque e passou para Diego Souza. O atacante deixou Jean Pyerre livre para deslocar Marcelo Lomba e fazer o primeiro, ficando perto da vitória.

Mas o jogo só acaba quando termina. O tabu que parecia se repetir, acabou caindo e o Inter buscou a virada e finalmente venceu um Gre-Nal. Atrás no marcador, o colorado passou a levar mais perigo nos minutos finais.

Aos 44 minutos no relógio, Cuesta cruzou na cabeça de Abel Hernández, que descolou Vanderlei e empatou o jogo. Depois, já aos 52, Edenílson cobrou pênalti e mandou no canto esquerdo para decretar a vitória por 2 a 1 do Inter.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário