A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/09/2014 12:39

Itaporã tem cinco desfalques para sequência da Série D

Renan Nucci
Técnico Denilson Rafaine terá dificuldades para montar a equipe que entra em campo na próxima rodada. (Foto: Site Brasiliense)Técnico Denilson Rafaine terá dificuldades para montar a equipe que entra em campo na próxima rodada. (Foto: Site Brasiliense)

O Itaporã tem problemas para a sequência da Série D do Campeonato Brasileiro. Além da crise financeira que assola a equipe, o técnico Denilson Rafaine não vai poder contar com cinco jogadores para o jogo decisivo do próximo final de semana, contra o Villa Nova. Três atletas não defendem mais as cores do clube na temporada.

O caso mais grave é do meia Alex Cruz, capitão do grupo. Ele teve uma fissura no tornozelo direito durante a partida de sábado, contra o Estrela do Norte, e deve ficar fora por tempo indeterminado, encerrando sua participação na competição.“É uma pena pois ele é um grande jogador, líder da equipe. Apesar de tudo, não vai precisar ser operado, o que acelera um pouco da recuperação”, disse Rafaine. Para o lugar dele, devem entrar Carlos Magno, Cristian, ou Gustavo.

Quem também não volta mais é o volante Buru e o atacante Thiaguinho, que receberam proposta do Oeste de Itápolis, equipe do interior paulista que disputa a Segundona do Brasileirão. “Eles vão ser incorporados ao elenco do Oeste e passar por um período de avaliação. É uma boa oportunidade e desejo sucesso para eles”, destacou Rafaine.

O lateral Weslei e o volante Rômulo também não pegam o Villa Nova. Eles receberam o terceiro cartão amarelo no jogo passado e vão cumprir suspensão automática, retornando apenas na rodada final, no confronto contra o Anapolina. Diante de tantas ausências, Rafaine afirma que é preciso motivar o grupo.

“Temos jogadores que podem repor as peças que saíram. Para organizar a equipe, o mais importante é mostrar a boa chance que os substitutos vão ter, e afirmar que eles têm capacidade”, disse o treinador, ressaltando que o momento é decisivo. “Temos que fazer nossa parte e torcer para tropeço dos adversários”, completa.

O Itaporã é o terceiro colocado do grupo 5 com sete pontos, atrás do Estrela que tem 10 e do líder Brasiliense. A equipe precisa vencer os confrontos contra Villa Nova e Anapolina e torcer para que o Estrela não pontue, ou que pelo menos não ultrapasse os 13 pontos. “Todos estão de olho na segunda vaga, mas já mostramos que temos condições e vamos até o fim”, disse.

Crise financeira refletiu em derrota, diz técnico do Itaporã
A derrota deste sábado que tirou o Itaporã do G2 do grupo 5 da Série D do Campeonato Brasileiro, pode estar atribuída à crise financeira que equipe e...
Itaporã perde para o Estrela do Norte e cai para terceiro lugar
O Itaporã perdeu a chance de encaminhar sua vaga à segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol. Jogando neste sábado (30) em Cachoeir...
Comercial fica só no empate e é eliminado pela Seduc no Sub-17
O Comercial foi eliminado do Estadual Sub-17 ao empatar em 1 a 1 com o Seduc, na tarde deste sábado (16) em Campo Grande, no estádio Olho do Furacão....


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions